Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação da geometria ótima para operação de módulos fotovoltaicos na Baixada Santista

Processo: 16/03832-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Fernando Ramos Martins
Beneficiário:Tobias Emanuel Portis
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Transferência radiativa   Sistemas fotovoltaicos   Modelos matemáticos   Energia solar

Resumo

Nos moldes atuais, a sociedade encontra-se virtualmente dependente da geração de energia para atender direta ou indiretamente a maioria de suas atividades rotineiras como iluminação, transporte, entretenimento, comunicação, educação e assistência médica. Como consequência das preocupações com os cenários de mudanças climáticas, o cenário energético internacional tem sofrido progressivas mudanças no sentido de mitigar os negativos impactos antrópicos no clima com a redução da emissão de gases de efeito estufa através da transição gradual de fontes fósseis para fontes renováveis de baixa emissão de dióxido de carbono. Apesar de ser predominantemente alicerçada em fontes renováveis, especialmente em hidroelétricas, a matriz elétrica brasileira ainda apresenta problemas em uma conjectura complexa, de forma que a geração solar fotovoltaica se apresenta como alternativa energética estratégica por diversos aspectos. O Brasil, por circunstância de sua localização geográfica e extensa área, conta com um dos maiores potenciais de geração fotovoltaica do mundo. Uma das barreiras a ser vencida para implementação dessa tecnologia depende primordialmente do progresso da disseminação do conhecimento científico e da capacitação de recursos humanos e inovação tecnológica para que o custo da mesma se torne cada vez mais competitivo. O foco desta proposta é estudar a influência da geometria de incidência da irradiação solar na performance de um painel fotovoltaico em função do posicionamento do sistema de geração. Os resultados esperados para este projeto poderão contribuir para melhor compreender a disponibilidade de energia solar na área de estudo e possibilitar a disseminação de informação ao público em geral e empreendedores do setor de energia solar com o intuito de aperfeiçoamento das instalações de sistemas fotovoltaicos conectados à rede e aumento da eficiência de operação dos já instalados, quando as condições de infraestrutura forem adequadas para tal.