Busca avançada
Ano de início
Entree

Por um modelo de escuta musical ativa: uma revisão crítica de Adorno, Schaeffer e Schafer

Processo: 15/04636-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Wladimir Farto Contesini de Mattos
Beneficiário:Victor Martins Pinto de Queiroz
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Educação musical   Arranjo musical   Análise de conteúdo   Revisão crítica   Theodor W. Adorno

Resumo

A música permeia a vida das pessoas das mais diversas culturas. Sua prática, independentemente do fim a que sirva, perpassa diversas civilizações. Sua recepção, por conseguinte, também. Desde a invenção da rádio, o acesso a repertórios musicais cada vez mais diversos vem sendo facilitado, e, talvez, encontremo-nos, hoje, no apogeu desse acesso: na era dos downloads. Mas acesso não implica necessariamente em qualidade de escuta, nem na consolidação de uma escuta musical por parte dos ouvintes. Como seria, pois, esta escuta musical? Visa-se, aqui, delinear um modelo de escuta partindo da revisão critica de três autores que se debruçaram sobre este tema no século passado, mirando-o de diferentes ângulos: Theodor Adorno, Pierre Schaeffer e Murray Schafer. O objetivo do modelo é referenciar o estabelecimento de uma relação propriamente musical com a música no ato de sua recepção e cujo usufruto seja possível tanto para músicos (profissionais e estudantes) quanto não músicos. O trabalho se justifica pela importância do reconhecimento da escuta musical como uma prática ativa, bem como a importância do ouvir na formação musical do sujeito, quer este tenha como foco a profissionalização ou o amadorismo. Finalmente, o presente trabalho pretende esclarecer que é por meio da escuta que as pessoas se interessam pela prática musical e que, é necessário orientação no trabalho de escuta, a fim de potencializar a aprendizagem e mesmo a obtenção de prazer estético por parte dos educandos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)