Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade morfofuncional em medusas de Scyphozoa: novos dados para espécies cultivadas em institutos japoneses

Processo: 16/05637-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 17 de julho de 2016
Vigência (Término): 17 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:André Carrara Morandini
Beneficiário:Renato Mitsuo Nagata
Supervisor no Exterior: Hiroshi Miyake
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Kitasato University, Sagamihara, Japão  
Vinculado à bolsa:15/01307-8 - Diversidade morfo-funcional de medusas Scyphozoa: uma análise do sistema integrado locomotor-alimentar, BP.PD
Assunto(s):Biomecânica   Cifozoários   Medusas   Locomoção animal

Resumo

Medusas da classe Scyphozoa, as água-vivas verdadeiras, destacam-se devido ao seu grande tamanho corporal e eventual abundância em zonas costeiras, onde ocupam nichos distintos e proeminentes. Estes animais estão entre os primeiros metazoários a desenvolver a natação propelida pela musculatura. Embora o seu tecido muscular simples limite a produção de força, cifomedusas desenvolveram locomoção dos baixos custos energéticos, juntamente com mecanismos de captura de presas diversos. As pulsações da umbrela, que fornecem o impulso, integram um sistema locomotor-alimentar, uma vez que durante as pulsações fluido é bombeado para as superfícies de captura de presas (tentáculos e braços orais), aumentando as taxas de encontro com presas. O objectivo deste projeto BEPE é a realização de um estágio de três meses no Laboratório de Ecologia Animal Aquática, Faculdade de Biociências Marinhas da Universidade Kitasato e ao Enoshima Aquarium, ambos no Japão. Durante este período, as sequências de vídeo de pelo menos sete famílias de cifomedusas serão produzidos, pela primeira vez, com uma câmara de alta velocidade (>500 quadros s-1). Ambas as instituições são referências mundiais em técnicas de cultivo medusas e esta visita vai permitir a aquisição de uma maior diversidade de espécies, incluindo as fases do ciclo de vida distintas e algumas espécies raras. A partir das sequências produzidas, dados do morfo-espaço de medusas (da umbrela e estruturas pós-umbrelares) e de biomecânica (cinemática de natação, performance natatória e de mecanismos de captura de presas) serão quantificados através de técnicas de geometria morfométrica e de videografia. Tais dados serão incluídos no projeto de pós-doutorado em vigência, que tem como objetivo descrever e quantificar a diversidade morfofuncional do sistema locomotor e alimentar em cifomedusas. Esperamos que os parâmetros morfológicos e biomecânicos medidos possam ser aplicados para: i- fornecer uma perspectiva funcional sobre a diversidade de plano corporais em medusas; II- demonstrar soluções biomecânicas; e III- melhorar a compreensão sobre a co-evolução dos sistemas locomotor e alimentar em Scyphozoa, através de uma abordagem inédita para este grupo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAGATA, RENATO M.; MORANDINI, ANDRE C.; COLIN, SEAN P.; MIGOTTO, ALVARO E.; COSTELLO, JOHN H. Transitions in morphologies, fluid regimes, and feeding mechanisms during development of the medusa Lychnorhiza lucerna. Marine Ecology Progress Series, v. 557, p. 145-159, SEP 28 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.