Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação entre duas técnicas de incubação de embriões de galinha em ovo aberto visando nascimento

Processo: 16/05684-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Ricardo Jose Garcia Pereira
Beneficiário:Daniel Grigoletto de Biase
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Embriologia   Embrião de galinha   Incubação   Células germinativas embrionárias   Ovo   Aves   Fertilização in vitro
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aves | Biotecnologias Reprodutivas | cultivo embrionário | embriologia | manipulação in ovo | Reprodução de Aves

Resumo

Pesquisas envolvendo embriões possibilitam o aprofundamento em distintas áreas do conhecimento como origem e síntese dos tecidos, aplicações das células-tronco, produção de clones e quimeras, entre outros. Neste sentido, devido às similaridades interespecíficas quanto ao desenvolvimento embrionário, embriões de galinha são tidos como excelentes modelos dada a sua velocidade de crescimento, tamanho reduzido e simples obtenção e manipulação. Todavia, classicamente, estudos embriológicos utilizam diversos ovos em diferentes estágios do desenvolvimento para visualizar o processo de diferenciação celular e formação dos tecidos. Para contornar esse problema, pesquisadores elaboraram uma técnica de transferência do embrião para uma "casca de aluguel", que após recoberta com um filme plástico transparente, permite a observação e manipulação do mesmo sem a interrupção do desenvolvimento. Porém, a manobra de transferência para uma casca maior é de difícil execução, podendo causar lesões no embrião, que muitas vezes resultam em sua morte. Assim, o objetivo deste projeto é comparar a incubação de ovos em "cascas de aluguel" com um método que não haja transferência, afim de verificar se essa metodologia reduz a mortalidade embrionária, além de facilitar e simplificar o processo de incubação até o nascimento. Para tal, ovos embrionados serão incubados até o 3º dia, quando será realizada a transferência do embrião para casca de aluguel (Sistema A) ou a abertura da janela e vedação (Sistema B). Os ovos serão incubados até a eclosão, analisando a sobrevivência dos embriões diariamente. Os resultados deste estudo trarão informações capazes de simplificar a incubação de ovos abertos visando o nascimento, procedimento que possui aplicações em áreas como fertilização in vitro, ICSI, transplantes de células germinativas, quimerismo, transgenia, entre outras.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)