Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da pigmentação extracutânea de duas populações de Physalaemus cuvieri (Anura: Leptodactylidae) e sua correlação com fatores abióticos

Processo: 16/04125-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Classius de Oliveira
Beneficiário:Nayara dos Anjos Vicente
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia animal   Pigmentação   Anura   Physalaemus

Resumo

Os anuros possuem o sistema pigmentar extracutâneo, constituído por melanócitos, os quais possuem intensa pigmentação e são responsáveis pela síntese de melanina, e por melanomacrófagos, os quais possuem atividade fagocítica. Estes pigmentos são encontrados no fígado, baço, rins, peritônio, pulmão, coração, vasos sanguíneos, timo, gônadas e meninges. O sistema pigmentar pode ser alterado devido aos estímulos ambientais e por condições endógenas. A partir disso, a pesquisa propõe avaliar alterações na pigmentação visceral superficial e hepática em nível histológico de duas populações de Physalaemus cuvieri. Os animais serão coletados e eutanasiados para exposição da cavidade abdominal, a qual será fotografada em microscópio estereoscópico. Os órgãos pigmentados serão identificados e classificados quanto à quantidade de pigmento. Fragmentos de fígado serão retirados e submetidos à rotina histológica para quantificação de melanina. Além disso, será avaliado o padrão de pigmentação de iridóforos no pericárdio. Os dados obtidos serão submetidos a análises estatísticas de normalidade e homogeneidade, seguido de análises de variância. Além disso, serão realizados testes de correlação da quantidade de melanina hepática com fatores abióticos que serão medidos em campo (radiação UV, umidade, temperatura e fotoperíodo) e contaminantes ambientais presentes em poços d'água nos locais de coleta. Dessa forma, será avaliado o padrão pigmentar da espécie, assim como os efeitos da qualidade ambiental na pigmentação hepática do anuro em dois locais distintos, assim eventuais diferenças interpopulacionais serão detectadas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.