Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de sessão de exercício resistido sobre a expressão de genes do metabolismo do músculo esquelético e do tecido adiposo em ratos alimentados por dieta hiperlipídica

Processo: 16/02991-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Patricia Monteiro Seraphim
Beneficiário:Emili Amice da Costa Barros
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Treinamento de força   Coativador 1-alfa do receptor gama ativado por proliferador de peroxissomo   Proteínas quinases ativadas por AMP   Fatores de necrose tumoral   Obesidade   Fisiologia endócrina

Resumo

Hábitos como a ingestão de alimentos de má qualidade e o sedentarismo estão cada vez mais presentes na população, ocasionando aumento do tecido adiposo branco, provocando obesidade. A obesidade hoje em dia é uma doença mundial que cresce principalmente entre os jovens. Com o balanço energético positivo e consequente aumento de massa adiposa há liberação de inúmeras citocinas inflamatórias que vão causar dano metabólico não somente local, mas em outros tecidos, levando a um estado de resistência à insulina. Portanto o controle do crescimento da massa gorda está diretamente relacionado à homeostasia corpórea. Existem proteínas envolvidas na busca de melhorias para o metabolismo e que podem ser moduladas pelo exercício físico, promovendo, portanto, manutenção de vida mais saudável. Ainda há dúvidas quanto ao mecanismo ou quais proteínas são envolvidas nos efeitos do exercício resistido no metabolismo do tecido adiposo e muscular, e que poderiam participar efetivamente da melhoria da homeostasia corpórea. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar o efeito de uma única sessão de exercício físico resistido sobre a expressão de genes que codificam proteínas importantes para o metabolismo do tecido adiposo e muscular de ratos alimentados por dieta hiperlipídica. Quarenta e oito ratos Wistar serão divididos em 6 grupos (n=8/grupo), conforme momento de eutanásia após a realização de única sessão de exercício físico resistido: NE - grupo não exercitado, I - eutanasiados imediatamente após o exercício, G30m - eutanasiados 30 minutos após o exercício, G1h - eutanasiados 1 hora após o exercício, G3h - eutanasiados 3 horas após o exercício e G24h - eutanasiados 24 horas após o exercício. O exercício físico consistirá em saltos com peso realizado sobre plataforma metálica. Para o sacrifício os animais serão anestesiados com anestésico tiopental e serão extraídos o tecido adiposo periepididimal (genes Pparg, Acaca e Fas) e tecido muscular solear (Tnf, Il6, Prkaa2, Ppargc1a e CS) para avaliação da expressão de genes por RT-PCR. Para a análise estatística, análise de variância (ANOVA one way) será utilizada para analisar a existência de diferenças estatisticamente significantes entre as médias, adotando p<0,05 como nível de significância.