Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da coativação entre os músculos abdominais e do assoalho pélvico e sua relação com os parâmetros biométricos ultrassonográficos do assoalho pélvico de mulheres com incontinência urinária predominantemente de esforço

Processo: 15/22521-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 02 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Cássio Luís Zanettini Riccetto
Beneficiário:Natalia Miguel Martinho Fogaça
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/02565-6 - Estudo da anatomia funcional do assoalho pélvico feminino por meio da ultrassonografia transperineal 3D/4D, BE.EP.DR
Assunto(s):Eletromiografia   Abdome   Assoalho pélvico   Incontinência urinária por estresse   Ultrassonografia

Resumo

Introdução: Estudos recentes descrevem a atuação coordenada e sincrônica entre os músculos do assoalho pélvico (MAP) e o transverso do abdome (TrA), ação esta que parece favorecer os mecanismos de continência urinária. Objetivo: Investigar se a coativação entre os músculos abdominais e o assoalho pélvico interferem nos parâmetros biométricos ultrassonográficos do assoalho pélvico de mulheres com incontinência urinária predominantemente de esforço, comparado com mulheres continentes. Metodologia: Serão recrutadas mulheres com idade a partir de 18 anos que se enquadre em um dos seguintes grupos: (a) Incontinentes: presença de sintomas de incontinência urinária de esforço (IUE) ou incontinência urinária mista (IUM) com predominância de IUE e (b) Continentes: ausência de perda urinária. A presença ou ausência dos sintomas urinários será investigada por meio dos questionários: International Consultation on Incontinence Questionnaire - Urinary Incontinence - Short Form (ICIQ UI-SF) e ICIQ - Overactive Bladder (ICIQ-OAB). Serão investigados os dados clínicos, a força dos MAP por meio de palpação digital, o percentual de coativação por meio da avaliação eletromiográfica dos MAP e TrA e os parâmetros biométricos ultrassonográficos do assoalho pélvico que refletem a função dos MAP, tais como: diâmetro anteroposterior do hiato genital no plano sagital mediano, ângulo do platô do levantador, ângulo anorretal, elevação do colo vesical, dimensões do hiato genital (área e diâmetros látero-lateral e anteroposterior), espessura do músculo pubo retal e distensiblidade dos MAP, analisados durante as situações de repouso, contração voluntária máxima (CVM) dos MAP, CVM do abdômen e CVM simultânea dos MAP e abdômen. Será realizado estudo de correlação entre o percentual de coativação e os parâmetros ultrassonográficos, bem como comparação entre grupos, por meio do programa Statistical Package for the Social Sciences - SPSS, adotando-se índice de significância de 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINHO, NATALIA; BOTELHO, SIMONE; NAGIB, ANITA; JALES, RODRIGO MENEZES; TUREL, FRIYAN; CAAGBAY, DELENA; RICCETTO, CASSIO. Four-dimensional translabial ultrasound concordance with digital palpation and surface electromyography during dynamic pelvic floor muscles assessment: A cross-sectional study. NEUROUROLOGY AND URODYNAMICS, v. 39, n. 1 NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
MARTINHO, NATALIA; FRIEDMAN, TALIA; TUREL, FRIYAN; ROBLEDO, KIRSTY; RICCETTO, CASSIO; DIETZ, HANS PETER. Birthweight and pelvic floor trauma after vaginal childbirth. INTERNATIONAL UROGYNECOLOGY JOURNAL, v. 30, n. 6, p. 985-990, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.