Busca avançada
Ano de início
Entree

A permeabilidade entre três disciplinas artísticas e a questão do gesto instrumental enquanto movimento coreográfico e signo teatral: estudo da performance violonística nos Percussion studies de Arthur Kampela

Processo: 15/20579-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Silvio Ferraz Mello Filho
Beneficiário:Ledice Fernandes de Oliveira Weiss
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Violão

Resumo

Este projeto tem como objetivo estudar as relações transversais que se estabelecem entre os gestos sonoros, físicos e instrumentais durante a performance ao violão de Percussion Study I, II, III, IV e V do compositor brasileiro Arthur Kampela. Afim de compreender a amplitude do uso que Kampela faz da noção de gesto instrumental, optamos por adotar como estratégia cientifica a realização de uma análise "coreográfica" de tais gestos, baseada nas ideias dos coreógrafos brasileiros Angel e Klauss Vianna e do húngaro Rudolf von Laban, notável criador de uma espécie de "gramática" do movimento. O estudo do gesto em dança nos aproximará também de autores como Jerzy Grotowski e Antonin Artaud, oriundos do teatro. Com relação a este aspecto interdisciplinar, nos parece inclusive interessante estabelecerem-se projetos de intercâmbio com o departamento de artes cênicas.O estudo das obras começaria com a identificação dos gestos corporais e instrumentais, em maioria frutos da técnica estendida, conceito criado por Kampela. Estes gestos inovadores seriam experimentados na prática (a vivência concreta do fenômeno gestual e o contato com outros intérpretes violonistas parecem ser procedimentos decisivos) e analisados sob o ângulo do instrumentista, com o objetivo não apenas de identificar os efeitos instrumentais inusitados, mas de relacioná-los à criação de um universo musical gestual. Assim, a análise investiga a existência de pontes entre o sonoro, o cinético e o visual, e a maneira como os gestos instrumentais se relacionam ao gestos sonoros. A partir disso, o próprio papel do performer será questionado.