Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da descoloração dental promovida por diferentes biomateriais e cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio

Processo: 16/05980-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Mario Tanomaru Filho
Beneficiário:Rafaela Nanami Handa Inada
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Cimentos dentários   Canal radicular   Descoloração de dente   Agregado trióxido mineral

Resumo

Materiais reparadores e cimentos endodônticos não devem promover alteração de coloração dental. Este estudo visa avaliar as alterações cromáticas promovida por diferentes biomateriais e cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio, e está dividido em 3 subprojetos. O subprojeto 1: irá avaliar os efeitos de diferentes radiopacificadores (BiO2, ZrO2, Nb2O5 e CaWO4), o subprojeto 2: irá comparar os efeitos cromáticos dentários induzidos por diferentes cimentos à base de silicato de cálcio disponíveis comercialmente (MTA Angelus e MTA Repair HP) e o subprojeto 3: irá estudar as alterações cromáticas dentárias induzidas por cimentos obturadores à base de silicato de cálcio (Neo MTA Plus, EndoSequence BC Sealer e Biodentine). Serão utilizados A porção coronal de cento e trinta dentes bovinos serão seccionados longitudinalmente no sentido cérvico-incisal para obtenção das secções vestibular e palatina. Cada secção será radiografada longitudinalmente para mensuração da espessura esmalte-dentina. Na face interna vestibular serão realizadas duas cavidades cilíndricas, 13 mm acima da JCE (esmalte-dentina) e 3 mm abaixo da JCE (dentina), para padronização da espessura remanescente de esmalte/dentina coronal e dentina radicular em 2 mm. Os materiais serão inseridos no interior das cavidades e posteriormente os fragmentos serão reposicionados. As amostras (n=10) serão distribuídas de acordo com os materiais reparadores e/ou obturadores utilizados no preenchimento das cavidades e ficaram armazenadas durante todo o experimento em solução salina de Hank (HBSS). A mensuração da alteração cromática (E) será realizada por espectroscopia de reflectância (Vita Easy Shade), por um examinador previamente calibrado, antes da inserção dos materiais (T0), imediatamente após a inserção (T1) e após 7 (T2), 15 (T3), 30 dias (T4), 2 (T5), 4 (T6), 6 meses (T7) da inserção dos materiais nas cavidades e após o termino do estudo na dentina subjacente. Para calcular a diferença de cor produzida pelos materiais, a Commission Internationale de l'Eclairage será utilizado. Os dados obtidos serão submetidos a testes estatísticos, com nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
INADA, Rafaela Nanami Handa. Análise da alteração de cor promovida por materiais reparadores e cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio com diferentes radiopacificadores. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Odontologia. Araraquara Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.