Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos tóxicos isolados e em misturas dos antimicrobianos florfenicol e oxitetraciclina para a biota aquática com ênfase na caracterização de risco ambiental para os ecossistemas tropicais

Processo: 16/06671-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Evaldo Luiz Gaeta Espindola
Beneficiário:Emanuela Cristina de Freitas
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Oxitetraciclina

Resumo

O florfenicol e a oxitetraciclina são os antimicrobianos mais amplamente utilizados para o tratamento de doenças infecciosas nas pisciculturas de todo o mundo, incluindo o Brasil. Assim, nos últimos anos, a preocupação com a contaminação dos ambientes aquáticos com esses dois antimicrobianos vem aumentando, uma vez que pouco se conhece sobre seus possíveis efeitos tóxicos e seus riscos ecológicos para organismos não-alvo, principalmente para aqueles pertencentes a regiões tropicais. Em adição, visto que esses dois químicos são geralmente utilizados pelo mesmo piscicultor no tratamento dos peixes adoentados, há uma grande possibilidade que eles ocorram simultaneamente em um mesmo ambiente aquático. Neste projeto de pesquisa, portanto, pretender-se-á investigar as lacunas no conhecimento com respeito aos efeitos e aos riscos que os antimicrobianos florfenicol e oxitetraciclina poderão ter sobre a biota pertencente aos ecossistemas de águas doces tropicais, quando ambos estiverem presentes isoladamente bem como em misturas. Para isso, os efeitos agudos e crônicos do florfenicol e da oxitetraciclina para algumas espécies aquáticas nativas de regiões tropicais serão determinados em testes de toxicidade isolados e em testes de toxicidade de misturas. Também, será realizada uma caracterização do risco ambiental do florfenicol e da oxitetraciclina para os ecossistemas de águas doces tropicais, considerando-se as características específicas dessa região. Essa caracterização de risco visará fundamentar políticas de gestão pública no uso e no manejo desses antimicrobianos para que as pisciculturas de cultivo intensivo das regiões tropicais possam utiliza-los dentro de uma perspectiva de manutenção da saúde ambiental.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREITAS, EMANUELA CRISTINA; ROCHA, ODETE; GAETA ESPINDOLA, EVALDO LUIZ. Effects of florfenicol and oxytetracycline on the tropical cladoceran Ceriodaphnia silvestrii: A mixture toxicity approach to predict the potential risks of antimicrobials for zooplankton. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 162, p. 663-672, OCT 30 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.