Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição espacial e interação competitiva entre macrófitas aquáticas em estuários tropicais

Processo: 16/01416-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Antonio Fernando Monteiro Camargo
Beneficiário:Lais Samira Correia Nunes
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Competição   Salinidade

Resumo

As planícies costeiras do litoral paulista apresentam variadas extensões devido a proximidade entre a Serra do mar e a linha de costa, influenciando a topografia e a altitude e provocando pequenas variações no gradiente ambiental dos ecossistemas aquáticos e no gradiente de distribuição de macrófitas aquáticas. As interações bióticas também têm importante papel na zonação de vegetais em estuários. Hipóteses consideram que espécies de macrófitas são excluídas de locais mais próximos à linha de costa devido ao estresse abiótico (elevada salinidade) e que outras são excluídas de locais mais distantes devido à competição (baixa salinidade). No Brasil ainda há poucos estudos que envolvam ecologia de macrófitas em ambientes lóticos estuarinos, porém, tem sido observado que em estuários de baixa latitude outros fatores e processos podem ser responsáveis pela distribuição de espécies. Os estuários estão entre os ambientes mais impactados devido a atividades humanas e à influência das mudanças climáticas. O aumento do nível do mar e da captação de água doce a montante podem levar a maior intrusão salina nesses ambientes. Estes fatores poderão ser responsáveis por alterar processos fisiológicos e ecológicos e modificar a composição de comunidades aquáticas. Com o objetivo de identicar as espécies de macrófitas presentes, e comparar os gradientes ambientais e de distribuição de espécies em regiões estuarinas, estudos em campo serão realizados em sete estuários do litoral paulista. Estudos experimentais serão realizados a fim de verificar o papel da competição durante o processo de estabelecimento de macrófitas e a fim de verificar se a intrusão salina pode modificar, por meio da interação competitiva, a distribuição espacial de macrófitas nos estuários. Este estudo busca enriquecer o conhecimento em ecologia e restauração de ecossistemas costeiros e em ecologia e conservação de macrófitas aquáticas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREIA NUNES, LAIS SAMIRA; SAITO, VICTOR SATORU; MONTEIRO CAMARGO, ANTONIO FERNANDO. Local and regional drivers of macrophyte beta diversity in tropical coastal rivers. FRESHWATER SCIENCE, v. 40, n. 1, p. 138-150, MAR 1 2021. Citações Web of Science: 0.
CORREIA NUNES, LAIS SAMIRA; UMETSU, CRISTIANE AKEMI; MONTEIRO CAMARGO, ANTONIO FERNANDO. Environmental heterogeneity influences life-form richness and species composition but not species richness of aquatic macrophytes in tropical coastal rivers. Freshwater Biology, v. 65, n. 11 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
NUNES, LAIS SAMIRA CORREIA; CAMARGO, ANTONIO FERNANDO MONTEIRO. Effects of salinity on growth, competitive interaction and total nitrogen content of two estuarine macrophyte species cultivated on artificial substrate. AQUATIC ECOLOGY, v. 54, n. 4 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
CORREIA NUNES, LAIS SAMIRA; MONTEIRO CAMARGO, ANTONIO FERNANDO. The interspecific competition of tropical estuarine macrophytes is not density-dependent. Aquatic Botany, v. 164, MAY 2020. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. Ecologia de macrófitas aquáticas em rios costeiros de São Paulo: diversidade, competição interespecífica e distribuição espacial em gradientes ambientais. 2020. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Biociências. Rio Claro Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.