Busca avançada
Ano de início
Entree

Tafonomia e composição taxonômica de microfósseis de vertebrados dos sítios Talismã e Niterói (Formação Solimões, Bacia do Acre, Mioceno Superior)

Processo: 16/08012-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Annie Schmaltz Hsiou
Beneficiário:Fellipe Pereira Muniz
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/14080-0 - Os Squamata (Reptilia, Lepidosauria) do Cretáceo e Terciário (Paleogeno/Neogeno) das bacias Bauru, Aiuruoca e Acre: sistemática, evolução e paleoambientes, AP.JP
Assunto(s):Tafonomia   Mioceno   Zoologia (classificação)   Acre   Paleoecologia   Paleoambientes

Resumo

Os depósitos de microfósseis de vertebrados podem fornecer informações importantes para reconstruções paleoambientais e paleoecológicas de diversos ambientes, porém os aspectos tafonômicos também devem ser analisados já que os processos de fossilização afetam a qualidade da informação do registro fóssil. A Formação Solimões (Mioceno Superior) possui uma rica fauna fóssil que inclui moluscos, quelônios, crocodiliformes, escamados, aves e mamíferos. Apesar da quantidade expressiva de trabalhos sobre a geologia, idade e composição taxonômica da Formação Solimões, ainda são poucos os estudos sobre a taxonomia e tafonomia de microfósseis de vertebrados. O presente trabalho tem o objetivo de caracterizar a fauna de microfósseis de vertebrados de dois sítios fossilíferos da Formação Solimões (Bacia do Acre), assim como analisar os processos tafonômicos envolvidos na formação desses sítios a partir da geração de assinaturas tafonômicas. O projeto aqui proposto fornecerá novos subsídios para reconstruções paleoecológicas e paleoambientais mais refinadas para a referida unidade geológica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.