Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento tecnológico para a melhoria de produção anaeróbia de biogás advindo da vinhaça

Processo: 16/10033-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Daiene Souza Santos
Beneficiário:Daiene Souza Santos
Empresa:Omnis Biotecnologia S/A
Vinculado ao auxílio:13/50887-1 - Desenvolvimento tecnológico: com ênfase na melhoria de produção anaeróbia de biogás advindo da vinhaça, AP.PIPE
Assunto(s):Inovações tecnológicas   Biogás   Vinhaça   Reatores anaeróbios

Resumo

A digestão anaeróbia de resíduos apresenta um interesse crescente, visto que pode facilitar o desenvolvimento sustentável da oferta de energia a fim de reduzir as emissões de gases de efeito estufa. A produção de biogás fornece uma estratégia versátil de geração de energia renovável, pois o metano pode ser usado para a substituição de combustíveis fósseis na geração de energia e como combustível para veículos. A Omnis desenvolveu a produção de biogás a partir de vinhaça, utilizando tecnologia baseada em reatores anaeróbios (UASB). Além disso, a produção do biogás tem sido estudada a fim de aprimorar o conhecimento dos sistemas microbiológicos envolvidos no processo, buscando selecionar bactérias para serem utilizadas como inóculo nas etapas iniciais de produção de biogás. Dessa forma, o presente projeto visa melhorar o desempenho, a estabilidade, a produção e geração de biogás, por meio da determinação da sucessão microbiana durante as diferentes fases da produção de biogás, afim de avaliar a correlação entre as comunidades microbianas e a quantidade e qualidade do biogás produzido. O desenvolvimento do projeto está direcionado à possibilidade do uso de inóculo específico selecionado, visando o aumento da densidade do lodo anaeróbio e consequentemente da produção de biogás num mesmo reator. Assim, espera-se que ao final do presente projeto seja obtido um nível detalhado da cinética de crescimento e sucessão microbiana durante as diferentes fases de produção de biogás que ocorrem durante a safra. Como este conhecimento, serão desenvolvidos diferentes inoculantes para adição nas fases iniciais da produção do biogás a fim de melhorar a produção, bem como na capacidade de processar substrato específico ou na flexibilidade de processamento de diferentes substratos. Tendo em vista que apenas 5% dos microorganismos do ambiente são cultivados em condição de laboratório, o presente trabalho visa estudar esta comunidade por meio de métodos independentes de cultivo, e posteriormente, por meio da utilização de biocidas e substratos diferentes, induzir a seleção de microorganismos em processos anaeróbios desenvolvidos em laboratório. Utilizando esta metodologia específica espera-se conseguir um inóculo que resulte em um aumento da produção e na qualidade do produto final, o biogás, o qual será utilizado como fonte de energia. (AU)