Busca avançada
Ano de início
Entree

PCK de eletroquímica: um estudo de caso com professores do ensino médio da Cidade de São Paulo

Processo: 16/14138-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Carmen Fernandez
Beneficiário:Pablo Micael Araújo Castro
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07937-8 - Redoxoma, AP.CEPID
Assunto(s):Ensino de química   Formação de professores

Resumo

Pesquisas têm apontado que para compreender o desenvolvimento do Conhecimento Pedagógico do Conteúdo (PCK) é necessário que se analise a sinergia entre os componentes. Um PCK desenvolvido seria, então, um no qual os professores conseguem integrar de maneira coerente e eficiente os seus componentes (PARK; CHEN, 2012). Dentre os modelos propostos para o PCK, Mavhunga e Rollnick (2013) propõem um que foca especificamente no tópico a ser ensinado, o PCK de tópico específico (TSPCK), o qual é composto por: (i) conhecimentos prévios dos estudantes; (ii) saliência curricular; (iii) dificuldades no ensino; (iv) representações; e (v) estratégias conceituais de ensino. O objetivo principal da pesquisa é acessar o TSPCK de eletroquímica de professores de química do município de São Paulo - SP, para posteriormente determinar como ocorre a mobilização e integração entre os componentes. Utilizaremos um projeto de métodos mistos sequencial explanatório (CRESWELL; CLARK, 2013). Na primeira etapa mensuraremos o TSPCK dos professores, para estratificar os professores em grupos de acordo com o valor do TSPCK, coletando os dados por meio do instrumento desenvolvido por Ndlovu (2014), que, ao ser analisado, mensura o TSPCK em quatro níveis. Na segunda etapa selecionaremos, por intencionalidade, professores dos diferentes estratos, e analisaremos como ocorre a mobilização e integração dos componentes. Nesta etapa utilizaremos: CoRe (LOUGHRAN; BERRY; MULHALL, 2012), registros audiovisuais e documentos. A retratação e detalhamento do TSPCK será feito por uma análise de conteúdo (BARDIN, 2011), e a integração entre os componentes será feita seguindo-se a metodologia de Park e Chen (2012), modificada por Aydin e Boz (2013). Ao fim da pesquisa, esperamos contribuir para elucidar a natureza das integrações entre os componentes do TSPCK.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.