Busca avançada
Ano de início
Entree

Restaurações ART e Hall technique em cavidades ocluso-proximais em dentes decíduos: estudo clínico randomizado

Processo: 15/18098-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Daniela Prócida Raggio
Beneficiário:Mariana Pinheiro de Araújo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/12143-4 - A influência da escolha do tratamento para o manejo de lesões de cárie em molares decíduos e sua associação com tempo de exfoliação: um estudo retrospectivo de coorte, BE.EP.DD
Assunto(s):Dente decíduo   Tratamento dentário restaurador sem trauma   Cárie dentária   Oclusão dentária

Resumo

O objetivo desta pesquisa será avaliar a longevidade de restaurações ocluso-proximais realizadas pelo Tratamento Restaurador Atraumático (ART) comparado ao tratamento realizado de acordo com a Hall Technique (HT). Além disso, este projeto buscará responder questões referentes ao desconforto referido pelo paciente, percepção e preocupações relacionadas à aparência dentária referida pelos pacientes e seus pais/cuidadores, aceitação em relação aos tratamentos referidos pelos pacientes e seus pais/cuidadores, avaliação da dimensão oclusal vertical e avaliação do custo-benefício das duas técnicas aplicadas. Serão selecionadas 120 crianças de 6-8 anos de idade com lesões de cárie ocluso-proximal em molar decíduo de dimensões que não ultrapassem 1,0 mm (mésio-distal), 1,5 mm (ocluso-cervical) e 2,0 mm (vestíbulo-lingual), medido com sonda periodontal. As cavidades selecionadas serão tratadas de acordo com os grupos experimentais: grupo controle: tratamentos realizados seguindo os passos clínicos do ART, CIV de alta viscosidade (Equia Forte, GC Corp) protegido posteriormente por G-Coat Plus (revestimento de proteção nanoparticulado, auto-adesivo e fotopolimerizável - GC Corp) e grupo experimental: tratamentos realizados seguindo a HT, com coroas de aço (3M ESPE) cimentadas com CIV para cimentação (Fuji I, GC Corp). Os tratamentos serão avaliados após 1, 6, 12, 24 e 36 meses por 1 examinador treinado e calibrado. As reprodutibilidades intraexaminador para a avaliação da longevidade dos tratamentos será calculada pelo teste de Kappa ponderado. Para a avaliação da normalidade dos dados será utilizado o teste Kolmogorov Smirnov. Para verificação da sobrevida dos tratamentos realizados, assim como para avaliar a sobrevida dos dentes avaliados será utilizada a análise de sobrevida de Kaplan-Meier e teste Log-rank. Para avaliar a associação entre o desfecho e as variáveis características do paciente será aplicado o teste de Regressão Cox. Análises de Poisson serão utilizadas para verificar associação entre o grupo de tratamento e o desconforto do paciente, percepção e preocupações relacionadas à aparência dentária, aceitação em relação aos tratamentos realizados relatadas pelos pacientes e seus pais/responsáveis, avaliação do índice de placa e saúde gengival, avaliação da dimensão oclusal vertical e o custo dos tratamentos. Serão calculadas razão de prevalência ou razão de taxas com intervalo de confiança de 95% (IC 95%), dependendo do desfecho a ser considerado. O nível de significância para todas as análises será de p<0,05. (AU)