Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desempenho de um alimentador tipo válvula-L para alimentação de pós de biomassa em reatores de leito pneumático circulante

Processo: 16/03587-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Maria Do Carmo Ferreira
Beneficiário:Lucas Massaro Sousa
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas particulados   Separação sólido-gás   Leito fluidificado   Biomassa   Válvulas

Resumo

O uso de biomassas tem se mostrado como excelente alternativa para a geração de energia de forma sustentável, por exemplo, em operações de pirólise, gaseificação e combustão. Apesar disso, um dos problemas na operação de reatores termoelétricos é garantir uma alimentação estável, eficiente e econômica dos materiais particulados no interior do reator. A alimentação de sólidos pode ser particularmente limitante no caso de partículas provenientes de biomassa, já que esses pós possuem características diferenciadas em termos de distribuição de tamanho, composição e formato, em comparação com materiais convencionais. Neste projeto, será analisado o desempenho de uma válvula de alimentação não mecânica, a válvula tipo L, como alimentador de pós de serragem (três granulometrias) e borra de café (duas umidades) em um reator tipo Leito Pneumático Circulante (LPC). Serão realizados ensaios variando-se o tipo de biomassa, o diâmetro médio e umidade dos pós, a vazão de aeração na válvula e a vazão de ar no tubo de transporte do LPC. Desta forma, pretende-se verificar a influência das características dos pós sobre parâmetros quantitativos (vazão de sólidos alimentada e queda de pressão na válvula e no LPC) e qualitativos (estabilidade de alimentação e escoamento na válvula), que descrevem a operabilidade da válvula-L. O desempenho da válvula será relacionado com as características físicas e os parâmetros de escoabilidade de cada material. Os dados coletados serão utilizados para validar correlações e modelos da literatura que descrevem o escoamento de sólidos na válvula-L. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)