Busca avançada
Ano de início
Entree

Educação Física na perspectiva inclusiva: identificação dos obstáculos e facilidades na rede municipal de ensino de Campinas - SP

Processo: 16/13075-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Maria Luíza Tanure Alves
Beneficiário:Priscila Cristine Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Educação Física (FEF). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/18113-1 - Educação Física na perspectiva inclusiva: identificação dos obstáculos e facilidades na rede municipal de ensino de Campinas - SP, AP.EP
Assunto(s):Educação física   Educação física adaptada   Educação especial   Educação inclusiva   Educação para deficientes   Pessoas com deficiência   Campinas (SP)

Resumo

Atualmente a inclusão é compreendida como um processo de reforma educacional amplo para remoção de barreiras à aprendizagem e participação de todos os alunos. A inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física ainda encontra muitas barreiras, sendo marcada pela exclusão, participação limitada ou segregação deste aluno. O presente estudo é reflexo de parceria firmada entre a Prefeitura Municipal de Campinas e a Faculdade de Educação Física da UNICAMP com objetivo de potencializar e ampliar a participação de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física através das ações de capacitação continuada dos professores, contratação de estagiários e material adaptado para as aulas de Educação Física. O estudo tem como objetivo analisar os problemas e necessidades presentes ainda no processo inclusivo nas aulas de Educação Física em escolas municipais de Campinas - SP, com identificação de obstáculos e facilitadores para sua concretização. O estudo será desenvolvido em escolas da rede municipal de ensino, com participação de professores de Educação Física e alunos com deficiência regularmente matriculados. Serão utilizados quatro instrumentos de medida distintos: observação não participante, memorial descritivo, entrevista de grupo focal e entrevista semiestruturada. Estes serão analisados através do método de análise de conteúdo através da técnica de análise categorial. Inicialmente estes instrumentos serão analisados separadamente de acordo com seus objetivos específicos e posteriormente seus resultados serão triangulados a fim de validação e complementação. Como resultado espera-se identificar a realidade e problemas ainda presentes na inclusão nas aulas de Educação Física, bem como avaliar as ações instituídas na rede municipal de ensino para sua concretização. (AU)