Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia do movimento e distribuição espacial de um herbívoro de grande porte em paisagens tropicais heterogêneas

Processo: 16/09957-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 25 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Milton Cezar Ribeiro
Beneficiário:Julia Emi de Faria Oshima
Supervisor no Exterior: Ben Collen
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : University College London (UCL), Inglaterra  
Vinculado à bolsa:14/23132-2 - Ecologia do movimento e distribuição espacial de um herbívoro de grande porte em paisagens tropicais heterogêneas, BP.DR
Assunto(s):Ecologia da paisagem

Resumo

Este é o plano de trabalho para a solicitação da estudante de doutorado Júlia Emi de Faria Oshima, Laboratório de Ecologia Espacial e Conservação, UNESP Rio Claro, bolsista FAPESP (processo 2014 / 23132-2). Este estágio de pesquisa será desenvolvido na University College London, Reino Unido, sob orientação do professor Dr. Ben Collen. A motivação deste estágio é aprender sobre análises de ecologia do movimento e modelagem ecológica aplicada para biologia da conservação. Os objetivos gerais incluem a avaliação de como a estrutura paisagens afeta o movimento animal individual, e como detectar limiares significativos à persistência, e incorporar essa informação para avaliar como mudanças na paisagem podem afetar persistência e o risco de extinção para um herbívoro de grande porte da região neotropical, a queixada (nossa espécie modelo). Vamos analisar os dados de colares GPS coletados entre 2014 e 2016 por 29 indivíduos monitorados. Nas análises, funções de seleção de passos serão utilizadas para investigar como as variáveis de paisagem influenciam padrões de movimento e seleção de habitat para a espécie em diversas paisagens do Pantanal e Cerrado. Meu objetivo final é comparar os resultados reunidos sob diferentes regimes de perturbação e níveis de paisagem, identificar as principais rotas utilizadas pelos queixadas para ajudar os tomadores de decisão a priorizar e proteger as áreas e corredores ecológicos para esta espécie que possui ampla distribuição. Compreender os padrões de movimento e como modificações na paisagem podem ter impacto sobre decisões de movimento para a espécie irá fornecer dados valiosos para simulações em diferentes cenários futuros de mudanças de uso da terra em modelagens baseadas em indivíduos. Este estudo pode ajudar nas previsões a respeito de como os impactos da fragmentação e perda de habitat têm afetando esta espécie, e também sobre os prováveis impactos a outros vertebrados de médio e grande porte, e fornece informações importantes para os planos de gestão de conservação para este herbívoro social.