Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos efeitos da MT-III, uma fosfolipase A2 secretada isolada do veneno de serpente, em células de músculo liso isoladas de aortas de rato e humanas: Diferenciação em células fagocíticas com caracteríticas fenotípicas de macrófagos

Processo: 16/14046-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 31 de agosto de 2016
Vigência (Término): 29 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Catarina de Fatima Pereira Teixeira
Beneficiário:Karina Cristina Giannotti
Supervisor no Exterior: Rudiger Brau-Dullaeus
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Otto von Guericke University Magdeburg (OVGU), Alemanha  
Vinculado à bolsa:13/22610-5 - Estudo dos efeitos de uma fosfolipase A2 (MT-III) isolada do veneno da serpente Bothrops asper em células de músculo liso vascular em cultura: formação de corpúsculos lipídicos e mecanismos envolvidos., BP.DR
Assunto(s):Macrófagos   Gotículas lipídicas   Inflamação   Fosfolipases A2

Resumo

Fosfolipases A2 (FLA2s) são enzimas abundantes em venenos de serpentes e têm sido amplamente utilizadas como ferramentas farmacológicas para investigar o papel dessa classe de enzimas em diversos processos fisiopatológicos. A MT-III, uma FLA2 Asp49 isolada do veneno da serpente Bothrops asper é classificada no grupo IIA das sFLA2s inflamatórias. As FLA2s do grupo IIA de mamíferos são expressas em níveis elevados em células de músculo liso vascular (CMLVs) e sua síntese é estimulada por citocinas inflamatórias, como TNF-alfa, IL-6 e IL-1. Recentemente, em nosso trabalho de doutorado (em andamento), demonstramos que a uma FLA2 de veneno ofídico, MT-III, induziu o aumento do número de corpúsculos lipídicos em CMLVs e ativou diversos fatores do metabolismo lipídico que conduzem formação de células espumosas. A literatura mostra que CMLVs de aorta, carregadas de colesterol, podem assumir aspecto e funções de células espumosas, do tipo macrófago, apresentando uma redução drástica na expressão de genes relacionados ao fenótipo contrátil, como alfa actina e miosina de cadeia pesada, e aumento da expressão de marcadores de macrófagos, como as moléculas CD68. MAC2 e CD163. Ainda, as CMLVs passam a apresentar capacidade de fagocitose, característica de macrófagos. Entretanto, ainda não foi investigado se as sPLA2s do grupo IIA contribuem para a diferenciação de CMLVs em cálulas de fenótipo do tipo macrófago, durante o processo inflamatório vascular. O presente estudo tem por objetivo investigar a ação de uma PLA2 do grupo IIA, a MT-III, quanto a indução de mudança de fenótipo das CMLVs para macrófagos, o que deverá contribuir para o entendimento deste fenômeno e mecanismos moleculares envolvidos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GIANNOTTI, KARINA CRISTINA; WEINERT, SOENKE; VIANA, MARIANA NASCIMENTO; LEIGUEZ, ELBIO; ARAUJO, THAIS L. S.; LAURINDO, FRANCISCO R. M.; LOMONTE, BRUNO; BRAUN-DULLAEUS, RUEDIGER; TEIXEIRA, CATARINA. A Secreted Phospholipase A(2) Induces Formation of Smooth Muscle Foam Cells Which Transdifferentiate to Macrophage-Like State. Molecules, v. 24, n. 18 SEP 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.