Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismo molecular com base em Nintedanibe na terapia do câncer da próstata

Processo: 16/13913-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de outubro de 2016
Vigência (Término): 08 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Valéria Helena Alves Cagnon Quitete
Beneficiário:Raquel Frenedoso da Silva
Supervisor no Exterior: Rajesh Agarwal
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Colorado, Denver (CU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/26677-7 - Resposta tecidual da próstata frente ao tratamento com Nintedanibe em camundongos transgênicos para o adenocarcinoma (TRAMP) em diferentes estágios de desenvolvimento do tumor, BP.DR
Assunto(s):Neoplasias da próstata

Resumo

O câncer de próstata é o tipo mais comum de câncer em homens e a segunda causa de morte, particularmente em homens com mais de 50 anos de idade. A doença tem sido O câncer de próstata tem sido amplamente estudado devido ao grande número de indivíduos afetados por esse tipo de lesão, além da complexidade de funcionamento e desenvolvimento desse órgão se considerando a importante interação epitélio-estroma como fator primordial para a alteração prostática. As células em proliferação aumenta sua demanda por nutrientes e oxigênio, ativandoo a angiogênese, a qual participa de forma crítica no processo de crescimento, progressão e metástase do tumor. Portanto, grande atenção tem sido dada aos inibidores da angiogênese, tais como Nintedanibe (BIBF 1120), que mostrou boa atividade antitumoral, inibindo a proliferação celular e crescimento do tumor, devido a sua ação combinada sobre células tumorais, células endoteliais e pericitos. Além disso, essa droga mostoru potencial anti-inflamatório na terapia para fibrose idiopática pulmonary. Assim, o objetivo do presente projeto é decifrar o mecanismo molecular da terapia com Nintedanib contra o câncer de próstata tanto in vitro como in vivo (modelo xenograft). Para isso, linhagens de células de próstata humana serão tratadas com a droga e submetidas a ensaios de invasão, clonogenicidade, apoptose e citometria de fluxo, além de western immunoblotting, imunofluorescência and PCR tempo real. Além disso, nos ensaios in vivo, tumors xenográficos irão crescer subcutâneamente em camundongos nude e o animal sera tratado com Nintedanibe; os tumores serão coletados e submetidos à imunohistoquímica e immunoblotting.