Busca avançada
Ano de início
Entree

Resíduos agroindustriais na criação de frangos de corte

Processo: 15/19448-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Elisa Helena Giglio Ponsano
Beneficiário:Thainá Landim de Barros
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Eficiência   Antibióticos   Acerola   Estresse oxidativo

Resumo

O Brasil é um dos maiores produtores de carne de frango do mundo e líder mundial em exportações e, para se manter nessa posição, precisa atender às regras impostas pelos países importadores, como a proibição de antibióticos como agentes promotores de crescimento. A carne de frango fornece todos os nutrientes necessários à nutrição humana e seus lipídeos possuem ácidos graxos poli-insaturados, que são altamente suscetíveis à oxidação lipídica. Para prevenir essa reação de deterioração, adota-se o uso de antioxidantes sintéticos às dietas dos animais. O Brasil também se destaca na produção de frutas que, quando processadas para produção de sucos e outras bebidas, geram resíduos poluidores que causam problemas ambientais quando descartados em locais inadequados. Além disso, esses resíduos possuem compostos bioativos, como compostos fenólicos e carotenoides, que apresentam capacidade antioxidante e propriedades antimicrobianas, tornando interessante o aproveitamento desses resíduos na alimentação animal. No presente trabalho, serão aplicados resíduos oriundos do processamento de acerola em rações de frango de corte. As aves receberão as dietas experimentais durante 42 dias, quando serão abatidas para a obtenção da carne. Os efeitos das dietas experimentais serão avaliados quanto ao desempenho produtivo, ao estresse oxidativo do plasma, aos parâmetros bioquímicos e à composição da microflora intestinal nos animais e quanto à cor e à estabilidade frente à rancidez oxidativa na carne.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BARROS, Thainá Landim de. Subprodutos da acerola na dieta de frangos de corte. 2017. 67 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.