Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de dois métodos de estimativa de idade em adultos por meio do estudo de radiografias periapicais

Processo: 16/07508-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Haye Biazevic
Beneficiário:Joyce Campos de Miranda
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Odontologia legal   Ciências forenses

Resumo

A estimativa da idade em jovens e adultos é um desafio constante para a Antropologia Forense e a Odontologia Legal. Casos de estimativa da idade no vivo têm se tornado cada vez mais frequentes em todo o mundo. O objetivo deste estudo é verificar a acurácia e precisão de dois métodos de estimativa da idade - Kvaal et al. (1995) e Cameriere et al. (2004) - por meio da análise de radiografias periapicais em uma amostra de adultos brasileiros. A amostra será distribuída em 12 grupos de acordo com o sexo (feminino ou masculino) e faixa etária (20 a 29 anos, 30 a 39 anos, 40 a 49 anos, 50 a 59 anos, 60 a 69 anos e 70 ou mais); cada grupo será composto por 40 indivíduos, totalizando 480 participantes da pesquisa. A realização das estimativas de idade acontecerá com o auxílio do programa Adobe®Photoshop® CS5, onde serão realizadas as medidas lineares propostas por Kvaal et al. (1995) e as medidas do número de pixels contidos na polpa e no dente propostas por Cameriere et al. (2004). Posteriormente, as medidas obtidas serão aplicadas nas respectivas equações para estimar a idade. Todas as medidas serão realizadas sem qualquer conhecimento prévio quanto à idade cronológica dos pacientes. O teste estatístico a ser realizado será o modelo de regressão linear. Os dados serão digitados e trabalhados do programa STATA 13.0.Palavras chave: Ciências forenses, Odontologia legal, estimativa da idade, dentes.