Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividade inibitória de Lactobacillus rhamnosus sobre Fusarium

Processo: 16/05124-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Mariella Vieira Pereira Leão
Beneficiário:Ana Cláudia Siqueira Marques
Instituição-sede: Instituto Básico de Biociências (IBB). Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Probióticos   Fusariose

Resumo

Fusariose é a segunda infecção fúngica mais frequente, apresentando alto índice de infectividade em pacientes imunocomprometidos e elevada taxa de mortalidade em pacientes com neutropenia persistente. Uma estratégia para prevenção de doenças de etiologia fúngica tem sido o consumo de probióticos, dentre estes Lactobacillus rhamnosus. Assim, o objetivo deste projeto é verificar, in vitro, a atividade inibitória desta bactéria probiótica sobre o Fusarium solani. Será utilizada a cepa padrão de L. rhamnosus ATCC 1465, em quatro diferentes formas: 1) suspensão com L. rhamnosus vivos; 2) suspensão de L. rhamnosus mortos (LM) pelo calor; 3) sobrenadante da suspensão LM (SL); 4) filtrado de sobrenadante de L. rhamnosus. A cepa de Fusarium solani IOC 2163 será cultivada em ágar-batata-dextrose, e uma suspensão de 0,4 x 106 a 5 x 106 UFC/mL será obtida por espectrofotometria. A partir destas suspensões serão realizados ensaios para verificação da atividade inibitória de L. rhamnosus sobre o Fusarium, utilizando quatro diferentes métodos: Difusão em Ágar; Ágar "Sanduíche"; Diluição em Ágar e Microdiluição em caldo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.