Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão heteróloga, caracterização e comparação de endoglucanases da família GH45 obtidas a partir do genoma do ascomiceto Myceliophthora thermophila e do basidiomiceto Gloeophyllum trabeum

Processo: 16/09997-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Fernando Segato
Beneficiário:Caio Tasso Cabos Ribeiro
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/18714-2 - Oxidação enzimática do bagaço de cana-de-açúcar: descoberta, caracterização e aplicação de novas enzimas oxidativas de carboidratos, voltadas para o desenvolvimento de um cell factory mais eficiente, AP.BIOEN.JP
Assunto(s):Bioquímica   Expressão heteróloga   Fungos filamentosos   Biologia molecular   Enzimologia

Resumo

O constante aumento da demanda global por combustíveis, associado aos problemas relacionados à emissão de gases causadores do efeito estufa para a atmosfera, têm colocado os biocombustíveis, dentre eles, o etanol de segunda geração, o qual, é produzido pela fermentação alcoólica de carboidratos advindos da hidrólise da biomassa vegetal, no centro das atenções. Dentre as formas pela qual a biomassa lignocelulósica pode ser hidrolisada a monômeros fermentescíveis, a hidrólise enzimática apresenta-se como a alternativa mais viável. Entretanto, este é um material complexo e altamente recalcitrante, tornando um desafio sua utilização em escala industrial. Dessa maneira, torna-se essencial o estudo de novas enzimas capazes de realizar essa hidrólise com custo e tempo que tornem economicamente viável sua aplicação em larga escala. Dentro deste painel, as endoglucanases da família GH45, capazes de atuar sobre a porção amorfa da molécula de celulose que já são utilizadas pela indústria têxtil no tratamento da fibra de algodão, surgem como promissores alvos de estudo devido ao seu modo de ação diferenciado. Dessa maneira, o presente projeto se propõe a caracterização de enzimas GH45 provenientes do fungo termofílico Myceliophthora thermophila e do basidiomiceto Gloeophylum trabeum expressas heterologamente em Aspergilus nidulans A773 e 1) determinar as condições de cultivo de propiciam máxima expressão das enzimas; 2) caracterizá-las bioquimicamente quanto a pH, temperatura e estabilidade térmica.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.