Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do processo autofágico e ação da co-chaperona BAG-2 sobre agregados proteicos típicos de doenças neurodegenerativas

Processo: 16/04409-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Merari de Fátima Ramires Ferrari
Beneficiário:Raquel de Souza Lima
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/24722-6 - Maquinaria de chaperonas para combater a agregação protéica na Doença de Parkinson, BE.EP.MS
Assunto(s):Degeneração neural   Rotenona

Resumo

O envelhecimento é uma questão de preocupação mundial e o entendimento dos eventos celulares decorrentes deste processo apresentam grande importância no estudo de patologias associadas à idade, dentre elas, as doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer e Parkinson. A presença de proteínas mal enoveladas é comum durante o processo de neurodegeneração, o que pode contribuir para a disfunção de várias organelas e culminar com morte celular. Neste contexto, a presente pesquisa tem como objetivo avaliar o processo autofágico durante o curso de doenças neurodegenerativas esporádicas. Para isso, serão analisadas as proteínas Beclina-1, LC3I e LC3II, associadas ao recrutamento e manutenção das membranas dos autofagossomos respectivamente, e fluxo autofágico, em culturas de células do hipocampo, substância negra e locus coeruleus expostas a rotenona como modelo de agregação proteica. Pretende-se analisar também o papel da co-chaperona BAG-2, a qual transita entre os sistemas proteossomal e lisossomal, na modulação da atividade autofágica e agregação proteica.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.