Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapa genético e QTLs associados a resistência de Spodoptera frugiperda (J. e. Smith) a inseticidas e toxinas Bt

Processo: 16/09159-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Celso Omoto
Beneficiário:Antonio Rogério Bezerra do Nascimento
Supervisor no Exterior: Andrew P. Michel
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ohio State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/26212-7 - Exploração de técnicas de sequenciamento de nova geração (SNG) para a identificação de marcadores moleculares para o monitoramento da resistência de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) a inseticidas e proteínas Bt, BP.DR
Assunto(s):Entomologia agrícola   Polimorfismo de um único nucleotídeo

Resumo

Spodoptera frugiperda (J. E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma espécie polífaga nativas de regiões tropicais da América. No Brasil, esse inseto é considerado a praga mais destrutiva de muitas culturas, sendo responsáveis por danos significativos nas culturas do milho, soja, algodão, arroz e sorgo. Com uso intensivo de inseticidas e elevada adoção de plantas geneticamente modificadas que expressam toxinas de Bacillus thuringiensis (Berliner), a evolução da resistência de S. frugiperda a alguns inseticidas e proteínas Bt se tornou um grande desafio em programas de MIP. Atualmente, a biologia molecular tem sido explorado em estudos para descobrir e caracterizar vários mecanismos de resistência em insetos. Assim, o desenvolvimento de marcadores genéticos para caracterizar alelos de resistência irão auxiliar no monitoramento e previnindo falhas de controle. Nosso principal objetivo é a construção de mapas genéticos de S. frugiperda utilizando genotipagem por sequenciamento (GBS) para identificar QTLs associados à resistência a inseticidas e toxinas Bt.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.