Busca avançada
Ano de início
Entree

Depleção de Arginina como mecanismo de defesa do milho contra larvas de Spodoptera frugiperda e S. littoralis

Processo: 16/10469-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 17 de julho de 2016
Vigência (Término): 20 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Massuo Jorge Kato
Beneficiário:Massuo Jorge Kato
Anfitrião: Jonathan Gershenzon
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Max Planck Society, Jena, Alemanha  
Vinculado ao auxílio:14/50316-7 - Dimensões US-BIOTA São Paulo: diversidade de interações multi-tróficas quimicamente mediadas em gradientes nos trópicos, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Ecologia química   Proteômica

Resumo

O processo de digestão de metabólitos secundários e nutrientes como proteínas por Lepidopteras constitui-se num aspecto crítico para a adaptação desses herbívoros. Algumas proteínas de plantas são resistentes as proteases digestivas e constituem-se em parte dos processos digestivos e envolvem a alteração de alguns aminoácidos específicos. No caso do milho, a presença de atividade de arginina descarboxilase e agmatine deiminase presentes nas fezes de Spodoptera podem estar associados com tal fenômeno ainda pouco conhecido.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)