Busca avançada
Ano de início
Entree

O swing dos trópicos: a presença do jazz na formação da música popular brasileira (1919-1959)

Processo: 16/02062-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Heloísa André Pontes
Beneficiário:Rafael Do Nascimento Cesar
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/16812-8 - O swing dos trópicos: a presença do jazz na formação da música popular brasileira (1919-1959), BE.EP.DR
Assunto(s):Produção cultural   Música popular brasileira   Jazz   Nacionalidade   Relações raciais   Rio de Janeiro

Resumo

Este projeto busca compreender a construção das narrativas acerca da "música popular brasileira" a partir de sua relação com a produção cultural norte-americana, em especial o jazz. Tendo em vista sua maciça presença no Rio de Janeiro entre as décadas de 1920 e 1950, meu objetivo é investigar os modos pelos quais o entendimento de uma cultura brasileira "autêntica", expressiva de uma identidade nacional, dependeu do diálogo, ora velado ora evidente, com formas culturais estrangeiras. O acesso a bens simbólicos norte-americanos, decorrente da consolidação de uma cultura de massa eminentemente urbana, engendrou um tipo de sociabilidade no qual jazz-bands e rodas de samba dividiam o mesmo espaço, possibilitando diferentes formas de representar e experienciar a modernidade através da música e do corpo. Nesse sentido, pensar a circulação da produção simbólica para além das fronteiras nacionais e da noção de uma "genuinidade cultural", permite atentar para a constituição da nação (e da nacionalidade) enquanto um processo relacional que articula tanto micropolíticas identitárias quanto relações de poder de ordem global.