Busca avançada
Ano de início
Entree

Escritos para instruir o clero e guiar os fiéis: os tratados de confissão castelhanos (secs. XIV e XV)

Processo: 16/02154-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Susani Silveira Lemos Franca
Beneficiário:Rodolfo Nogueira da Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/14786-6 - Escritos sobre os novos mundos: uma história da construção de valores morais em Língua Portuguesa, AP.TEM
Assunto(s):Clérigos   Clero   Confissão   Religiões   Direito canônico   Castela (Espanha)

Resumo

Nos séculos XIV e XV, no reino de Castela, as normas que regiam o clero, regular ou religioso, prescreviam que este aparecesse, junto à sociedade, como um exemplo a ser seguido por aqueles que quisessem levar uma vida virtuosa. Nessa altura, a condução das práticas sacerdotais, a ordenação das condutas dos eclesiásticos e fiéis e a produção de documentos próprios à correção dos desvios clericais passaram a ser consideradas decisivas, de forma que a oralidade e a escrita, bem como o direito canônico e as reflexões sobre os sacramentos tornaram-se peças fundamentais nessas iniciativas para regular as condutas do clero visando em última instância os fiéis. Nesta pesquisa, apenas os primeiros tratados em língua vernácula castelhana direcionados à moralização do chamado clero rude - aquele considerado como minguado de ciência e alheio aos cânones da Santa Igreja - serão objeto de análise, pois estes concentram normas, prescrições e conselhos quanto aos modos com os quais os clérigos deveriam se guiar para poder guiar os confessos. A partir desses tratados, interrogaremos sobre os elementos e vocabulário que confluem na elaboração de uma imagem exemplar do clero, com ênfase nas ações negativas destacadas por teólogos e canonistas na sistematização de modelos virtuosos. O ponto central da pesquisa, em suma, são as iniciativas escritas destinadas a apontar as falhas e os pecados do baixo clero confessor castelhano nos séculos XIV e XV e aconselhar condutas virtuosas para estes com quem os fieis tinham contato mais direto e cuja atuação pareceu, portanto, decisiva para conduzi-los. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CRUZ, Rodolfo Nogueira da. Do exemplo a ser construído : conduta e postura dos clérigos seculares na Castela dos séculos XIV e XV. 2018. 181 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Humanas e Sociais..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.