Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização da produção de beta-glucanase fúngica empregando resíduos agroindustriais

Processo: 16/02655-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Geisiany Maria de Queiroz-Fernandes
Beneficiário:Luana Do Amaral Bovi
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Biotecnologia   Resíduos agroindustriais   Aspergillus niger

Resumo

A produção de etanol e o processo de branqueamento da celulose geram grande quantidade de resíduos agroindustriais, configurando risco ao meio ambiente quando descartados de forma incorreta. A grande quantidade de matéria orgânica e o pH ácido da vinhaça juntamente com a alcalinidade e toxicidade do efluente da indústria de celulose são alguns dos fatores que os caracterizam como poluentes. Dessa forma, práticas que busquem o reaproveitamento destes resíduos podem contribuir para a sustentabilidade ambiental, dentre estas se destaca a possibilidade do emprego destes resíduos na produção de enzimas, processo que também pode garantir redução nos custos de obtenção deste importante produto biotecnológico. O objetivo do presente estudo é otimizar a produção de ²-glucanase utilizando o fungo Aspergillus niger, por meio de fermentação líquida submersa, em agitador orbital, empregando a vinhaça e o efluente alcalino obtido na segunda etapa de branqueamento da celulose, cedidos por indústrias do interior do estado de São Paulo. Ao meio de cultura descrito pela literatura serão acrescentados a vinhaça e o efluente alcalino, que sofrerão alterações de suas concentrações, além de outros parâmetros de cultivo, como pH, temperatura de incubação e velocidade de agitação. Os resultados serão obtidos pela determinação da concentração de proteínas totais, atividade de ²-glucanase, cálculo de atividade específica; a análise estatística será realizada por planejamento fatorial. Este estudo visa contribuir para o desenvolvimento de processos biotecnológicos sustentáveis capazes de reverter resíduos agroindustriais em novas tecnologias de produção de enzimas. (AU)