Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição do perifíton na remoção de fósforo e a influência do sedimento em estudo de fitorremediação com Eichhornia crassipes em mesocosmos de fundo fechado em ambiente tropical hipereutrófico raso (Lago das Garças, SP)

Processo: 16/13766-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Tatiane Araujo de Jesus
Beneficiário:Barbara Soares Ferreira
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Eichhornia   Eutrofização   Remediação ambiental   Perifiton   Fitorremediação

Resumo

O presente estudo tem como objetivo avaliar a contribuição do perifíton na remoção de fósforo e a influência do sedimento em estudo de fitorremediação com Eichhornia crassipes em mesocosmos de fundo fechado em ambiente tropical hipereutrófico raso (Lago das Garças, SP). Serão realizados dois Tratamentos (n = 3) com água e exemplares de Eichhornia crassipes do próprio ambiente: (1) Controle: sem sedimento; (2) Com sedimento do próprio ambiente. Totalizando, desse modo, 6 mesocosmos, os quais serão instaladas na região litorânea do Lago das Garças. Os mesocosmos serão constituídos de caixas plásticas de ~80 L cada (Dimensões: 63 x 37 x 34 cm). Serão monitorados, mensalmente e por um ano, os seguintes parâmetros de qualidade da água dos mesocosmos: pH, condutividade elétrica, turbidez e fósforo total (PT). Será realizado, mensalmente, o manejo do sistema a fim de retirar os indivíduos senis e manter apenas a metade da superfície livre colonizada, a fim de permitir a reprodução e crescimento das plantas. Durante o manejo mensal também será realizada a coleta de indivíduos de macrófitas para análise da composição química de sua biomassa e do perifíton aderido (separado por raspagem). Para estas matrizes serão determinados os teores de matéria orgânica e fósforo total. Dados climáticos serão obtidos de estação meteorológica próxima (500 m). A proposta pretende contribuir com informações que poderão embasar futuras propostas de remediação do Lago das Garças. (AU)