Busca avançada
Ano de início
Entree

Movimento e luta quilombola no sertão norte mineiro

Processo: 16/11081-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia das Populações Afro-brasileiras
Pesquisador responsável:Anna Catarina Morawska Vianna
Beneficiário:Pedro Henrique Mourthé de Araújo Costa
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/18951-8 - Movimentos, luta e conhecimento quilombola no Norte de Minas Gerais, BE.EP.DR
Assunto(s):Etnografia   Minas Gerais

Resumo

Este projeto propõe a elaboração de uma etnografia da luta quilombola no Sertão do Norte de Minas Gerais. Pretende-se, por meio de abordagem etnográfica, descrever como esta luta é feita na movimentação de pessoas e coisas, importantes para acionar a rede de parceiros e para as ações políticas das lideranças. Parte-se nesta pesquisa da hipótese de que o movimento político quilombola é uma luta em movimento, realizada por meio da movimentação dos atores, documentos, demandas, parceiros em vários espaços de participação e disputa política. Ao acompanhar o deslocamento das lideranças, pretende-se compreender como a rotina dessas caminhadas e como essa mobilização faz e refaz os níveis da luta (local, regional, nacional e internacional) e estabelece pertencimentos singulares e contingentes (ora como quilombolas, ora como povos e comunidades tradicionais, ora como movimentos rurais), produzindo efeitos no próprio movimento político, já que quanto maior a escala maiores são as reverberações, aumentando suas conexões e o alcance de suas reivindicações.