Busca avançada
Ano de início
Entree

Extração e fracionamento de óleo e compostos fenólicos de borra de café utilizando tecnologia supercrítica

Processo: 16/09931-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Fernando Antonio Cabral
Beneficiário:Fernando Morais Peliello de Anhaia Mello
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Polifenóis   Fracionamento   Etanol   Óleo de café

Resumo

A indústria de café solúvel é responsável pela geração de grandes quantidades de resíduos orgânicos como a borra de café, que podem ser reutilizados como matéria-­prima para produção de etanol, biodiesel e compostos de alto valor agregado,tais como compostos fenólicos. Para extração tanto de compostos fenólicos quanto de óleo, a partir de diferentes fontes vegetais, a extração com dióxido de carbono supercrítico (scCO2) é utilizada com sucesso. Por outro lado, sabe-­se que a solubilidade destes componentes em scCO2 aumenta com o uso de etanol como cossolvente. Este projeto objetiva estudar a extração e fracionamento do óleo de café utilizando tecnologia supercrítica. Serão testadas diferentes solventes para extração: scCO2, etanol e misturas de scCO 2 + etanol. O fracionamento dos compostos presentes na borra de café será feito em uma sequência de separadores nos quais a densidade do CO 2 será modificada de estágio a estágio utilizando o dióxido de carbono supercrítico como solvente ou como anti­-solvente (na presença de etanol). Todas as frações obtidas serão analisadas quanto ao rendimento de extração, composição em ácidos graxos livres, teor de compostos fenólicos totais e atividade antioxidante. Espera­-se neste trabalho identificar as melhores condições operacionais de fracionamento, usando o dióxido de carbono supercrítico como solvente ou anti-­solvente, comparando as frações obtidas com o óleo de café verde comercial e com os extratos obtidos a baixa pressão.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BITENCOURT, RAPHAELA G.; MELLO, FERNANDO M. P. A.; CABRAL, FERNANDO A.; MEIRELLES, ANTONIO J. A. High-pressure fractionation of spent coffee grounds oil using green solvents. JOURNAL OF SUPERCRITICAL FLUIDS, v. 157, MAR 1 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.