Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da cobertura do dossel por lianas no banco de sementes de um fragmento degradado de floresta estacional semidecídua

Processo: 16/10225-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Valéria Forni Martins
Beneficiário:Ana Carolina Rosalin
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Manejo florestal   Fragmentos florestais   Floresta estacional semidecidual   Banco de sementes   Dossel (botânica)   Lianas   Mata Atlântica

Resumo

A expansão agrícola, o desenvolvimento urbano e outros tipos de perturbação antrópicas, causaram intensa fragmentação da Mata Atlântica. A regeneração destes ambientes florestais é dificultada pela hiperabundância de lianas que competem e danificam árvores adultas e podem alterar a chuva de sementes e, consequentemente, o banco de sementes. Além disso, por cobrirem o dossel, as lianas podem atuar como filtro seletivo de algumas espécies e diminuir o número de sementes que são incorporadas no solo. Os objetivos deste trabalho são caracterizar o banco de sementes de um fragmento degradado de Floresta Estacional Semidecídua, no interior de São Paulo e avaliar como a cobertura do dossel por lianas altera o banco de sementes de espécies arbóreas na área de estudo. Para determinarmos a influência das lianas no banco de sementes, será necessário avaliar como o grau de cobertura do dossel por lianas altera a correspondência entre as espécies adultas e a riqueza de sementes do solo, bem como identificar os indivíduos adultos e a densidade das sementes disponíveis no solo do fragmento. Com os dados coletados serão estabelecidos e comparados o padrão das curvas de rarefação de espécies arbóreas adultas com o padrão das curvas de rarefação de sementes do banco de semente de áreas com diferentes graus de cobertura por lianas. Também compararemos o padrão das médias e variâncias da densidade de sementes do banco nos diferentes graus de cobertura. Esperamos que, conforme o grau de cobertura por lianas aumente, a correspondência da riqueza e da densidade de sementes diminua. Os resultados encontrados contribuirão para o maior entendimento da ecologia de lianas e para o melhor manejo de lianas em fragmentos florestais degradados.