Busca avançada
Ano de início
Entree

Adequação e sensibilidade de sistemas para avaliação de sustentabilidade existentes para habitação de interesse social

Processo: 16/11291-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Vanessa Gomes da Silva
Beneficiário:Mariana Cristina Adão
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Sustentabilidade   Impactos ambientais   Estudos de avaliação   Construção sustentável

Resumo

O termo sustentável surge como adjetivo de desenvolvimento, com a percepção de finitude dos recursos naturais, qualificado com as dimensões ambiental e econômica. Apenas a partir da Agenda 21 aparece a dimensão social, que, somada às duas anteriores, serve como base para a definição de habitação sustentável. Algumas iniciativas para incentivar a sustentabilidade surgem com os sistemas de avaliação, que, no início, eram apenas para a escala do edifício, mas com a percepção de que a sustentabilidade é melhor compreendida quando observada em escalas amplas, passam a considerar também a vizinhança, chegando até à escala da cidade. Assim, surgiram métodos de avaliação como SBTool, BREEAM Communities e CASBEE for cities. Para o seguimento de habitação social essas avaliações, muitas vezes, focam apenas nos aspectos ambientais e econômicos. Dessa forma, pesquisas surgem para tentar entender o que é relevante se avaliar em sustentabilidade nesse contexto. No Brasil, o único método que consegue alcançar o setor de Habitação de Interesse Social (HIS) é o Selo Casa Azul, assim, empreendimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida são avaliados por meio desse sistema. No entanto, já existem pesquisas demonstrando que o Selo pode não ser suficiente para capturar os reais aspectos de sustentabilidade dessas construções. Esta pesquisa visa verificar a adequação e sensibilidade de alguns métodos de avaliação na captura de aspectos de sustentabilidade relevantes para HIS no Brasil. Para isso, serão selecionados pelo menos dois estudos de casos e alguns métodos de avaliação a serem aplicados nesses casos, sendo dois sistemas pré-selecionados: Selo Casa Azul e HQI. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.