Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões de diversidade genética e filogeografia de Tillandsia aeranthos (Lois) L. B. Smith (Bromeliaceae)

Processo: 16/03777-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Clarisse Palma da Silva
Beneficiário:Felipe Aoki Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Tillandsia   Fluxo gênico   Repetições de microssatélites   Evolução vegetal   Filogeografia   América do Sul

Resumo

O continente sul-americano é o mais biodiverso da Terra, sendo palco da interação de complexos processos climáticos e geológicos que moldaram sua biota de forma muito heterogênea. Estudos de filogeografia podem nos auxiliar no entendimento das respostas evolutivas envolvidas em tal diversificação, informações extremamente importantes considerando as rápidas mudanças ambientais que caracterizam o Antropoceno. Para isso, organismos modelo de dinâmica evolutiva aferível em gradientes espacial e cronológico são necessários. A irradiação adaptativa forte e relativamente recente (~20Ma) em Bromeliaceae, cujo centro de diversidade é no Brasil, faz da família uma boa fonte de organismos modelo. Seu gênero mais diverso - Tillandsia- é também o mais amplamente disperso da família, apresentando adaptações chave (e.g. nutrição majoritária por tricomas, fotossíntese CAM e síndromes florais contrastantes) que permitem seu desenvolvimento e diversificação em ambientes muito variáveis e extremos. Neste trabalho analisaremos populações da bromeliácea Tillandsia aeranthos (Lois.) L. B. Smith, uma epífita de vegetação ciliar abundante na região das bacias do Paraná e do Prata. Utilizando principalmente marcadores microssatélites e sequenciamento de regiões plastidiais, pretendemos evidenciar e compreender processos microevolutivos envolvidos na história da espécie em gradientes vegetais e topográficos variáveis. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NEVES CHAVES, CLEBER JULIANO; AOKI-GONCALVES, FELIPE; SANTOS LEAL, BARBARA SIMOES; ROSSATTO, DAVI RODRIGO; PALMA-SILVA, CLARISSE. Transferability of nuclear microsatellite markers to the atmospheric bromeliads Tillandsia recurvata and T-aeranthos (Bromeliaceae). BRAZILIAN JOURNAL OF BOTANY, v. 41, n. 4, p. 931-935, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Felipe Aoki. Padrões de diversidade genética e filogeografia de Tillandsia aeranthos (Lois.) L.B. Smith (Bromeliaceae). 2018. 64 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.