Busca avançada
Ano de início
Entree

Desigualdades sociais e luta por reconhecimento de direitos: investigação social empírica na Teoria Crítica

Processo: 16/12908-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 21 de setembro de 2016
Vigência (Término): 20 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Direito
Pesquisador responsável:Samuel Rodrigues Barbosa
Beneficiário:Ricardo Juozepavicius Gonçalves
Supervisor no Exterior: Sergio Costa
Instituição-sede: Faculdade de Direito (FD). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Freie Universität Berlin, Alemanha  
Vinculado à bolsa:15/13077-7 - O conceito de esfera pública jurídica: o debate entre Jürgen Habermas e Axel Honneth, BP.MS
Assunto(s):Pesquisa empírica   Teoria crítica

Resumo

O objetivo deste projeto é realizar estágio em pesquisa no exterior para aprofundar a questão metodológica do uso da pesquisa empírica com teoria crítica, respondendo a seguinte pergunta: como usar os conceitos críticos de esfera pública jurídica e de luta por reconhecimento para reconstruir argumentos de luta por direitos? A teoria crítica possui tradição em unir os diversos campos teóricos das ciências humanas com investigações sociais empíricas, assim, visamos obter um maior aprofundamento sobre a metodologia adequada para compreender a forma como a luta por reconhecimento de direitos motivadas por desigualdades sociais influenciam as esferas formais de decisão. Além disso, propomos também o estudo para entrar em contato com outras formas de desigualdades sociais, politicas afirmativas e movimentos sociais. A produção de conhecimento sobre estes temas - especificamente com um viés voltado à área jurídica - possui importância para melhor entendermos as formas de manejar os instrumentos jurídicos e também melhor compreendermos as demandas dos movimentos sociais e as consequências do reconhecimento jurídico para a diminuição das desigualdades sociais.