Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da educação continuada no perfil alimentar em relação à ingestão de fósforo de pacientes em hemodiálise

Processo: 16/13536-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Jacqueline do Socorro Costa Teixeira Caramori
Beneficiário:Rafaela Martins
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia   Insuficiência renal crônica   Diálise renal   Fósforo   Educação continuada   Estudos transversais   Inquéritos nutricionais   Questionário de frequência alimentar

Resumo

A doença renal crônica (DRC) é uma síndrome clínica que consiste na perda lenta, progressiva e irreversível das funções renais (reguladoras, endócrinas e excretoras), e é considerada um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Essa perda leva a uma série de distúrbios resultantes do acúmulo de substâncias tóxicas não eliminadas pela urina e da concentração inadequada de solutos. Dentre estes solutos, encontra-se o fosfato, e seu acúmulo pode levar os pacientes a desenvolverem a hiperfosfatemia nos estádios avançados da DRC. O fosfato em excesso ajuda na calcificação vascular. Assim, a prevenção e correção da hiperfosfatemia são importantes componentes do controle da DRC. Objetivo: Avaliar através de inquéritos alimentares o perfil alimentar de uma população de pacientes com DRC em hemodiálise; comparar estas estimativas entre grupos que receberam ou não educação continuada em relação à restrição de fosfato. Métodos: Estudo transversal prospectivo com todos os pacientes com idade igual ou superior a 18 anos, tratados regularmente por hemodiálise (HD), há pelo menos 90 dias, na Unidade de Diálise do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP. Os pacientes incluídos serão divididos aleatoriamente em dois grupos: Intervenção e Controle, sem a ciência da bolsista. O Grupo Intervenção receberá orientações nutricionais convencionais e educação nutricional focada em aditivos com duração de aproximadamente 30 minutos; e, o Grupo Controle receberá somente as orientações nutricionais convencionais. A análise dos inquéritos alimentares será realizada através de Registros Alimentares de 3 dias e Questionários de Frequência Alimentar (QFA). Na análise estatística, será feita uma caracterização dos grupos calculando media e desvio padrão para as variáveis quantitativas e frequências e percentuais para as variáveis categorizadas (análise descritiva). A comparação entre os grupos será feita utilizando o teste t-Student para amostras com distribuição normal e utilizando a distribuição gama em caso de assimetria. Em todos os testes será fixado o nível de significância de 5% ou o p-valor correspondente e todas as análises serão feitas utilizando o programa SAS for Windows, v.9.3.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)