Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre disfunção temporomandibular dolorosa, dor persistente no corpo e doenças sistêmicas em adolescentes

Processo: 16/03173-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Daniela Aparecida de Godoi Gonçalves
Beneficiário:Guilherme Vinícius Do Vale Braido
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Dor

Resumo

Introdução: A disfunção temporomandibular (DTM) dolorosa em adolescentes tem sido foco de vários estudos devido ao impacto na vida desses indivíduos, prejuízo no aprendizado e no convívio social. A presença de comorbidades dolorosas ou não, contribuem para um estado de amplificação da dor e redução do seu limiar. Objetivo: Investigar a presença de dores no corpo, Síndrome do Intestino Irritável e doenças sistêmicas e sua relação com a DTM dolorosa. Material e Método: Conduziremos um estudo observacional, do tipo transversal. Serão avaliados 300 adolescentes (150 com DTM e 150 controles) matriculados nas escolas Públicas Municipais e Privadas da cidade de Araraquara. Será aplicado um questionário socioeconômico, o questionário PedsQL" para avaliação de Qualidade de Vida e o Inventário de Depressão Infantil para investigação de sintomas de depressão , que será respondido pelos pais dos participantes. Os Critérios de Diagnóstico para Pesquisa das Disfunções Temporomandibulares (RDC/TMD) serão usados para confirmação do diagnóstico e classificação da DTM. A presença de dor no corpo será avaliada pelo Questionário Nórdico Padronizado. A presença de doenças sistêmicas e outras alterações será investigada por meio do relato feito pelos pais ou responsáveis, de diagnósticos médicos prévios. Sindrome do Intestino Irritável será identificada segundo critérios de ROMA. Será também conduzido exame intraoral para descartar a presença de condições como cáries, lesões de mucosa e doença periodontal, possíveis fatores de confusão no diagnóstico da DTM dolorosa. Para estudo univariável das associações serão aplicados o teste do qui-quadrado e o teste t de Student ou Mann Witney U. Serão utilizados modelos de regressão logística e linear para estimar a presença e magnitude da associação de interesse.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRAIDO, Guilherme Vinícius Do Vale. Associação entre disfunção temporomandibular dolorosa, comorbidades e doenças sistêmicas em adolescentes. 2017. 83 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.