Busca avançada
Ano de início
Entree

Caquexia associada ao câncer e metabolismo lipídico: o exercício crônico é capaz de influenciar a localização e perfil de ácidos graxos no músculo?

Processo: 16/13810-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Marilia Cerqueira Leite Seelaender
Beneficiário:Gabriela Salim Ferreira de Castro
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50079-0 - Inflamação sistêmica em pacientes com caquexia associada ao câncer: mecanismos e estratégias terapêuticas, uma abordagem em medicina translacional, AP.TEM
Assunto(s):Ácidos graxos   Caquexia   Metabolismo dos lipídeos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ácidos graxos | caquexia | gordura muscular | metabolismo lipídico | Músculo | Cachexia do câncer

Resumo

A caquexia associada ao cancer (CC) é definida por uma perda de massa muscular devido a um desequilíbrio entre a síntese e a degradação de proteína muscular com ou sem perda de gordura corporal. A perda de peso é a característica mais importante da CC e está fortemente associada a mortalidade. A inflamação tem um papel central na CC e afeta vários órgãos, incluindo o tecido adiposo no qual ocorre um aumento da lipólise e da secreção de citoquinas inflamatórias. O músculo é um dos órgãos mais afetados. A CC gera um aumento na proteólise muscular e a secreção de aminoácidos, uma diminuição da síntese proteica e o desenvolvimento de resistência à insulina. O exercício físico crônico de resistência é capaz de diminuir a inflamação e diminuir a perda de massa muscular em pacientes com CC. O conteúdo de triacilgliceróis intramusculares representa uma importante fonte de energia durante o exercício prolongado e além disso o exercício também aumenta a capatação de ácidos graxos pelo músculo. Embora o metabolismo do ácido graxo seja amplamente estudado em tumores e tecido adiposo, o mesmo não ocorre para o metabolismo lipídico muscular. Dessa forma, o principal objetivo deste trabalho será caracterizar o perfil de ácidos graxos e conteúdo de triacilgliceróis no músculo e em adipócitos perimisiais e identificar se exercício físico crônico de resistência alterar a localização de gordura e o perfil lipídico muscular em pacientes com CC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CASTRO, GABRIELA S.; CORREIA-LIMA, JOANNA; SIMOES, ESTEFANIA; ORSSO, CAMILA E.; XIAO, JINGJIE; GAMA, LEONARDO R.; GOMES, SILVIO P.; GONCALVES, DANIELA CAETANO; COSTA, RAQUEL G. F.; RADLOFF, KATRIN; et al. Myokines in treatment-naive patients with cancer-associated cachexia. Clinical Nutrition, v. 40, n. 4, p. 2443-2455, . (16/12508-7, 12/50079-0, 16/13810-9, 13/25207-7, 16/02780-1)
DE CASTRO, GABRIELA S.; SIMOES, ESTEFANIA; LIMA, JOANNA D. C. C.; ORTIZ-SILVA, MILENE; FESTUCCIA, WILLIAM T.; TOKESHI, FLIVIO; ALCANTARA, PAULO S.; OTOCH, JOSE P.; COLETTI, DARIO; SEELAENDER, MARILIA. Human Cachexia Induces Changes in Mitochondria, Autophagy and Apoptosis in the Skeletal Muscle. CANCERS, v. 11, n. 9, . (16/02780-1, 19/08682-0, 12/50079-0, 16/13810-9, 16/12508-7, 17/12260-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.