Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de queratinócitos da linhagem HaCaT nocautes para a enzima PKM2

Processo: 16/10867-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:José Carlos Farias Alves Filho
Beneficiário:Gabriel Azevedo Públio
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08216-2 - CPDI - Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, AP.CEPID
Assunto(s):Queratinócitos   Autoimunidade   CRISPR-Cas9   Psoríase

Resumo

Os queratinócitos são as células presentes na epiderme que exercem um papel central em respostas inflamatórias na pele, participando ativamente do desenvolvimento e manutenção de certas patologias, como a psoríase. Nos últimos anos, têm sido demostrado que células ativadas com estímulos inflamatórios sofrem uma reprogramação metabólica que culmina no aumento da expressão de genes envolvidos com a via glicolítica, um fenômeno conhecido como glicólise aeróbica ou efeito de Warburg. O fator de transcrição HIF-1± é essencial para o desenvolvimento do efeito Warburg, pois promove a transcrição de diversas enzimas da glicólise aeróbica, dentre elas a enzima Piruvato Kinase M2 (PKM2). A PKM2 apresenta duas conformações estruturais, tetramétrica ou dimérica, apresentando função de piruvato quinase e de co-fator transcricional de HIF-1±, respectivamente. Estudos recentes tem demonstrado que a PKM2 pode ser ativada por estímulos inflamatórios, sendo importante para a secreção de citocinas e proliferação celular. Neste sentido, resultados um projeto de doutorado em andamento em nosso laboratório demonstram que a PKM2 está altamente expressa na pele de pacientes e de animais com psoríase. No entanto, não há estudos na literatura sobre a participação da PKM2 na ativação de queratinócitos. Assim, o objetivo deste presente projeto de iniciação científica (IC) é gerar uma linhagem celular de queratinocitos (HaCat) nocaute para a enzima PKM2, a qual será posteriormente utilizada como ferramenta para investigações detalhadas da participação dessa enzima em ativação de queratinócitos e desenvolvimento e manutenção da psoríase.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.