Busca avançada
Ano de início
Entree

Sustentabilidade da mineração de depósitos de ferro-manganês na Elevação do Rio Grande

Processo: 16/10091-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Convênio/Acordo: NERC, UKRI
Pesquisador responsável:Alexander Turra
Beneficiário:Francesc Montserrat Trotsenburg
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50820-7 - Marine ferromanganese deposits: a major resource of E-tech elements, AP.TEM
Assunto(s):Sustentabilidade   Ferro   Manganês

Resumo

Esta proposta de pesquisa desenvolvida no âmbito do projeto FAPESP/NERC "Depósitos marinhos de ferro-manganês - um importante recurso de elementos E-tech (MarineE-tech)" tem o objetivo de levantar questões socioeconômicas na mineração de depósitos de ferro-manganês localizados na plataforma continental externa do Brasil, 40ºO e 30ºS, na Elevação do Rio Grande (ERG). O principal objetivo é a análise da sustentabilidade da mineração em áreas além da jurisdição nacional, a Elevação do Rio Grande (ERG), considerando questões econômicas e ambientais. O projeto irá identificar e quantificar o potencial (cumulativo) de impactos antropogênicos e pressões na ERG, por exemplo, da poluição e da pesca, assim como mapear a biodiversidade (funcional), tipos de habitats (geodiversidade), processos e serviços ecossistêmicos. Além disso, um estudo aprofundado baseado em revisão bibliográfica e em levantamentos sociais irão listar os impactos da mineração em mar profundo em bens e serviços marinhos que serão contextualizados considerando a estrutura analítica da Avaliação Ecossistêmica do Milênio. Benefícios para a preservação de serviços ecossistêmicos marinhos, em particular em alto mar e no fundo marinho, como já proposto em literatura, para alguns setores importantes na economia marinha brasileira (principalmente da pesca), serão comparados com os custos de oportunidades da mineração. O projeto também pretende integrar atores envolvidos na atividade dentro do governo brasileiro e dar suporte à discussão de um Planejamento Estratégico de Gestão Ambiental. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTSERRAT, FRANCESC; GUILHON, MAILA; FERRAZ CORREA, PAULO VINICIUS; BERGO, NATASCHA MENEZES; SIGNORI, CAMILA NEGRAO; TURA, PEDRO MARONE; MALY, MASCIMILIANO DE LOS SANTOS; MOURA, DENISE; JOVANE, LUIGI; PELLIZARI, VIVIAN; GOMES SUMIDA, PAULO YUKIO; BRANDINI, FREDERICO PEREIRA; TURRA, ALEXANDER. Deep-sea mining on the Rio Grande Rise (Southwestern Atlantic): A review on environmental baseline, ecosystem services and potential impacts. DEEP-SEA RESEARCH PART I-OCEANOGRAPHIC RESEARCH PAPERS, v. 145, p. 31-58, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.
GRILLI, NATALIA DE MIRANDA; XAVIER, LUCIANA YOKOYAMA; JACOBI, PEDRO ROBERTO; TURRA, ALEXANDER. Integrated science for coastal management: Discussion on a local empirical basis. OCEAN & COASTAL MANAGEMENT, v. 167, p. 219-228, JAN 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.