Busca avançada
Ano de início
Entree

Sobre as Condições de Possibilidade da Sociedade Ideal: O Possível Diálogo Entre o Segundo Discurso e o Contrato Social de Rousseau

Processo: 16/00436-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 01 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Yara Adario Frateschi
Beneficiário:Johnatas Ximenes Milani
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/04714-9 - O Papel do Emílio na Relação entre o Contrato Social e o Segundo Discurso, BE.EP.MS
Assunto(s):Contrato social   Jean-Jacques Rousseau   Filosofia política

Resumo

Esta pesquisa, consequência de nossas primeiras investigações, terá como foco a possível relação entre o Segundo Discurso e o Contrato Social a fim de compreender como a grande obra crítica de Rousseau pode se relacionar com sua maior obra propositiva. Nossa hipótese é a de que não apenas os princípios da sociedade ideal elencados no Contrato visam enfrentar os problemas próprios do estado civil tal como caracterizados no Segundo Discurso, mas também que a possibilidade mesma de realização e manutenção daquela sociedade ideal só encontra fundamento e justificação se considerarmos, não apenas a natureza humana, como também as potencialidades humanas desenvolvidas ao longo do processo civilizatório exposto no Discurso. Torna-se imprescindível, entretanto, para a confirmação de nossa hipótese, que nos perguntemos sobre os elementos que nos possibilitam conceber a passagem da sociedade presente no Discurso para a sociedade ideal exposta no Contrato. Tais elementos, cremos, são passíveis de serem detectados quando Rousseau, no Emílio, apresenta o modelo ideal de educação moral do indivíduo . Desse modo, para a verificação dessa hipótese, deveremos primeiramente analisar o diagnóstico social, a natureza, e as potencialidades humanas expostas por Rousseau no Segundo Discurso; em seguida, compreender os problemas que o modelo proposto no Contrato busca solucionar e quais são as condições para que tal modelo possa se realizar e se manter; e por fim, nos questionar acerca da possível contribuição do Emílio na busca dos elementos que nos possibilitam justificar e compreender a passagem da sociedade do Discurso para a sociedade do Contrato.