Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa fotoiniciadores em compósitos resinosos experimentais: Determinação da concentração ideal, características de polimerização, degradação e compatibilidade biológica.

Processo: 16/03172-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Roberta Caroline Bruschi Alonso
Beneficiário:Dayany da Silva Alves Maciel
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Fotoiniciadores dentários   Degradação   Citotoxicidade   Propriedades mecânicas

Resumo

O objetivo deste estudo será estabelecer compósitos restauradores com propriedades mais favoráveis à aplicação odontológica a partir da determinação da concentração ideal de diferentes fotoiniciadores bem como verificar suas características de polimerização, de degradação e compatilidade biológica. Para tanto serão testados materiais com diferentes fotoiniciadores (Canforoquinona (CQ), Fenilpropanodiona (PPD) e Óxido bis-acilfosfínico (BAPO), associados ou não a um co-iniciador). Na fase 1 deste projeto, a concentração ideal de cada fotoiniciador será determinada através da análise da cinética de polimerização, grau de conversão, cor, dureza, profundidade de polimerização, resistência á flexão e módulo de elasticidade em compósitos experimentais contendo diferentes concentrações dos fotoiniciadores na matriz resinosa (0,25%, 0,5%, 1%, 1,5% e 2%). Na fase 2, para cada fotoiniciador, o compósito com melhores características de polimerização e propriedades mecânicas será selecionado para avaliação das características de degradação (avaliação da formação de fendas em restaurações após ciclagem termo-mecânica, sorção e solubilidade, determinação de componentes lixiviados) e biocompatibilidade. A avaliação da formação de fendas marginais e internas será realizada em cavidades classe I submetidas a degradação termo-mecânica (100.000 ciclos mecânico - 2Hz, 60N), através da técnica da réplica com análise em Microscopia Eletrônica de varredura. O teste de sorção e solubilidade em água será realizado de acordo com a ISO 4049. Os componentes lixiviados dos compósitos serão avaliados por Cromatografia líquida de alta performance (HPLC) associada a espectrometria de massa nos tempos de 24h, 48h, 7 dias, 30 dias e 60 dias. A biocompatibilidade dos compósitos e dos fotoiniciadores puros será determinada através de teste de citotoxicidade em fibroblastos humanos confluentes em placas de 6-12 wells e/ou transwell, utilizando MTT. Os resultados serão submetidos aos testes estatísticos apropriados, considerando nível de significância de 5%.