Busca avançada
Ano de início
Entree

Assinatura magnética do solo na identificação de áreas com diferentes potenciais de sorção de herbicida

Processo: 16/14208-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:José Marques Júnior
Beneficiário:Yves Soares Menon
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Mineralogia   Geoestatística   Produção agrícola   Classificação do solo   Suscetibilidade magnética   Herbicidas   Semivariograma   Coeficiente de correlação de Pearson   Estatística descritiva

Resumo

A produção agrícola mundial deve crescer substancialmente nos próximos anos, por isso torna-se necessário produzir alimentos de forma sustentável visando minimizar os efeitos ambientais negativos causados, dentre outros motivos, pelo uso incorreto de herbicidas. Neste sentido, o objetivo deste projeto é avaliar o potencial da assinatura espectral na identificação de áreas com diferentes capacidades de sorção do herbicida Imazaquim. Por isso, serão coletadas 384 amostras de solo na profundidade de 0,00 - 0,25 m, em uma malha com densidade amostral de 2,5 pontos/ha, ao longo da área experimental de 908 ha. Serão determinados os teores de matéria orgânica (MO), pH, Ca, Mg, K, (H+Al) e capacidade de troca catiônica (CTC), granulometria, cálculo do coeficiente de Freundlich para sorção do herbicida Imazaquim e a suscetibilidade magnética (SM). Os dados serão submetidos à estatística descritiva. Também será realizada análise de correlação de Pearson entre os atributos estudados e construído modelo de regressão entre a SM e o coeficiente de sorção do herbicida. Serão calculadas as médias de cada atributo conforme as classes de solo e conforme as classes de assinatura magnética da área experimental. A fim de verificar diferença estatística entre os valores médios dos atributos do solo. A análise da dependência espacial dos dados será feita por meio da geoestatística, utilizando-se variogramas. Serão construídos mapas de padrão espacial.