Busca avançada
Ano de início
Entree

Ferramentas ômicas aplicadas a elucidação do papel da microbiota intestinal na remissão de doença inflamatória intestinal baseada em dieta terapêutica

Processo: 16/16293-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Elaine Cristina Pereira de Martinis
Beneficiário:Elaine Cristina Pereira de Martinis
Anfitrião: Daniel P. Beiting
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Pennsylvania, Estados Unidos  
Assunto(s):Metagenômica   Doenças inflamatórias intestinais   Microbiologia de alimentos

Resumo

O microbioma do intestino humano saudável constitui um ecossistma de micro-organismos que desempenham papel essencial na manutenção da saúde e a composição do microbioma pode ser alterada em resposta a diversos fatores, incluindo a dieta. Por exemplo, na Doenca Inflammatória Intestinal (DII), a diversidade do microbioma diminui e o tratamento da doença restaura a diversidade. Embora estudos laboratoriais utilizando camundongos como modelo tenha sido importantes para identificar mecanismos envolvidos na DII, os camundongos não exibem heterogeneidade clínica de sintomas de DII e na resposta ao tratamento, fazendo com que este modelo seja limitado para estudos de muitos aspectos da doença em humanos. Nossa proposta é estudar o microbioma de cães com Enteropatia Canina Crônica (ECC), uma doença inflamatória intestinal espontânea muito parecida com a DII humana. O grupo de pesquisa do supervisor no exterior (Dr. Beiting,Universidade da Pensilvânia) conduziu um estudo preliminar com cães que entraram em remissão da CCE com tratamento apenas com dieta terapêutica e, o principal objetivo deste projeto é analisar amostras fecais dos animais antes após tratamento, a fim de identificar possíveis alterações no microbioma intestinal e também, alterações de metabólitos em fluidos corporais (metabolômica). Nossa hipótese é que a análise do microbioma pós-tratamento do grupo de cães que foram foram curados após a dieta terapêutica e do grupo de cães que não foram curados, permitirá a identificação de bactérias protetoras e bactérias oportunistas, que podem estar envolvidas na progressão da doença. Seria desafiador e caro realizar este tipo de estudo em humanos, mas para realização com cães, é um estudo relativamente simples e a dieta animal pode ser rigorosamente controlada, podendo fornecer esclarecimentos importantes sobre o papel do microbioma em doenças inflamatórias intestinais.Esta proposta é técnica e conceitualmente inovadora, pois aplicará estudos metagenômicos em um modelo animal espontâneo de doença inflamatória intestinal durante a remissão da doença com dieta terapêutica. O envolvimento de uma equipe com conhecimento aprofundado em DII aumenta o potencial translacional deste trabalho e neste aspecto, a realização deste um projeto deste porte, somente é possível em uma instituição como a Universidade da Pensilvânia, onde um hospital veterinário de referência mundial, um hospital humano adulto e um hospital humano pediátrico estão todos localizados a poucos quarteirões de distância. A médio prazo, esses estudos poderão contribuir para o desenvolvimento de probióticos com potencial para tratamento de DII.

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (3 total)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WANG, SHUAI; MARTINS, RENE; SULLIVAN, MEGAN C.; FRIEDMAN, ELLIOT S.; MISIC, ANA M.; EL-FAHMAWI, AYAH; DE MARTINIS, ELAINE CRISTINA PEREIRA; O'BRIEN, KEVIN; CHEN, YING; BRADLEY, CHARLES; ZHANG, GRACE; BERRY, ALEXANDER S. F.; HUNTER, CHRISTOPHER A.; BALDASSANO, ROBERT N.; RONDEAU, MARK P.; BEITING, DANIEL P. Diet-induced remission in chronic enteropathy is associated with altered microbial community structure and synthesis of secondary bile acids. MICROBIOME, v. 7, n. 1 AUG 31 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.