Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da resposta imune no sistema nervoso central de camundongos infectados por estirpes altamente neurovirulentas de herpesvírus equino tipo 1

Processo: 16/09396-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Paulo César Maiorka
Beneficiário:Leonardo Pereira Mesquita
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/23619-0 - Resposta inflamatória no sistema nervoso central de camundongos experimentalmente infectados pelo herpesvírus equino tipo 1, BE.EP.PD
Assunto(s):Imunologia   Neuroinflamação   Herpesviridae   Neuropatologia   Encefalite

Resumo

O herpesvírus equino tipo 1 (EHV-1) é um patógeno emergente em potencial, mundialmente reconhecido por causar doença neurológica em equinos. Entretanto, muitos casos de meningoencefalite aguda e fatal, associada a extensa necrose neuronal causada pelo EHV-1 tem sido relatada em outras espécies animais. As alterações morfológicas no sistema nervoso central (SNC), bem como a evolução da doença nestes hospedeiros não-alvo, muito se assemelham àquelas descritas em modelos animais desenvolvidos pelo nosso grupo de pesquisa. Pouco se sabe a respeito da resposta imune no SNC, principalmente no que tange ao papel de mediadores e células inflamatórias no desenvolvimento da encefalite induzida pelo EHV-1. Portanto, o presente projeto tem como objetivo caracterizar a resposta imune inata e a cinética dos eventos patológicos no SNC de camundongos C57BL/6 e C57BL/6 nude, bem como avaliar o papel de linfócitos T na encefalite induzida por estirpes altamente neurovirulentas de EHV-1 (A4/72 e A9/92). Para tal, será avaliada a expressão gênica de citocinas pró-inflamatórias (IL-1², IL-6, IL-12, IFN-³ e TNF-±), quimiocina (CCL-2), e Toll-like receptors (TLR3 e TLR9) no SNC. As células inflamatórias no SNC tais como linfócitos TCD4+ e TCD8+, macrófagos (fenótipo M1 e M2), micróglia e células dendríticas serão caracterizadas fenotipicamente por meio de citometria de fluxo. Durante a evolução da encefalite será realizada uma avaliação dos eventos inflamatórios e uma correlação dos mesmos com a distribuição viral no SNC verificada por meio de imuno-histoquímica e quantificação viral absoluta por qPCR. A participação de linfócitos T durante a infecção por EHV-1 será avaliada por meio da comparação entre as linhagens isogênicas de camundongos C57BL/6 e C57BL/6 nude (atímico) uma vez que estes últimos são desprovidos de linfócitos T. Os dados aqui obtidos poderão elucidar importantes aspectos da resposta imune inata e mecanismos de neuro-inflamação que ocorrem durante a encefalite aguda e letal causada por EHV-1, um patógeno emergente em potencial.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MESQUITA, LEONARDO PEREIRA; AREVALO, ANDRESSA FERRARI; ZANATTO, DENNIS A.; MIYASHIRO, SAMANTHA IYE; SEQUETIN CUNHA, ELENICE MARIA; CUSTODIO DE SOUZA, MARIA DO CARMO; CASSARO VILLALOBOS, ELIANA MONTEFORTE; CABRERA MORI, CLAUDIA MADALENA; MAIORKA, PAULO CESAR; MORI, ENIO. Equine herpesvirus type 1 induces both neurological and respiratory disease in Syrian hamsters. Veterinary Microbiology, v. 203, p. 117-124, MAY 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.