Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade enzimática digestivas em tilápias-do-Nilo, Oreochromis niloticus, alimentadas com probiótico AQUA-PHOTO na dieta

Processo: 16/13883-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Leonardo Tachibana
Beneficiário:Amanda Iracy Cavalcante da Silva
Instituição-sede: Instituto de Pesca. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/24599-7 - Possíveis alterações na microbiota intestinal promovida pela adição de probiótico AQUA-PHOTO em tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus), BE.EP.IC
Assunto(s):Fosfatase alcalina   Peptídeo hidrolases   Lipase   Lactobacillus plantarum   Bacillus subtilis   Probióticos   Nutrição animal   Tilápia-do-Nilo   Oreochromis niloticus

Resumo

Objetiva-se avaliar a atividade das enzimas digestivas de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus) alimentadas com dietas contendo 0,08% do probiótico comercial AQUA-PHOTO que contém o Lactobacillus plantarum (1,51x106 UFC/g) e Bacillus subtilis (1,34x107 UFC/g). O delineamento experimental será inteiramente casualizado com dois tratamentos e 16 repetições (sendo cada peixe considerado uma repetição). Serão distribuídas 48 tilápias com peso médio de 30g revertidas para macho em seis aquários com volume útil de 60L (três aquários onde os peixes receberão ração controle e três rações contendo probiótico). Após 7 dias de aclimatação com as dietas experimentais e, após duas horas da alimentação, oito peixes de cada aquário serão utilizados para a obtenção das amostras de intestino (parte anterior, média e posterior) para avaliara atividade enzimática de amilase, lipase, protease alcalina e fosfatase alcalina. Para a extração destas enzimas, as amostras de intestino serão homogeneizadas em PBS (1:10) e em seguida centrifugadas a velocidade de 13.000 xg por três minutos a quatro graus, e o sobrenadante será retirado para a determinação das atividades. As análises de amilase e protease alcalina serão feitas pelas metodologias de Bernfeld (1955) e Walter (1984) modificadas, respectivamente. Para as enzimas lipase e fosfatase alcalina, serão utilizados kits específicos (Bioclin TM). Os dados obtidos serão avaliados estatisticamente por ANOVA e comparados por análise de Tukey (p<0,05). Espera-se que a adição do probiótico testado melhore as atividades de enzimas digestivas. (AU)