Busca avançada
Ano de início
Entree

Adubação nitrogenada e inoculação da soja cultivada em sistema de semeadura direta em solos arenosos

Processo: 16/17232-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Fábio Rafael Echer
Beneficiário:Carlos Felipe dos Santos Cordeiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias. Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia do solo   Cultivos agrícolas   Fertilizantes nitrogenados   Semeadura   Nodulação   Solos arenosos   Análise de variância   Delineamento experimental   Centro-Oeste paulista

Resumo

O cultivo de grãos ainda é incipiente na região Oeste Paulista e uma das razões para isso é o ambiente de produção desfavorável para as culturas, como a soja por exemplo. Esta leguminosa tem sido cultivada em áreas de pastagens degradadas e a produtividade tende a ser baixa no primeiro ano de implantação da lavoura, pois a imobilização de N pelos microorganismos do solo para decomposição das raízes da pastagem compete com a planta no início do desenvolvimento da cultura, quando a FBN ainda é baixa. O objetivo deste trabalho será avaliar a resposta da cultura da soja á inoculação em interação com a adubação nitrogenada de cobertura, em área de primeiro e segundo ano de cultivo da leguminosa. O delineamento será em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas serão alocadas as doses de inoculante (0, 4, 8 e 12 doses ha-1) e nas subparcelas as doses de nitrogênio (0, 25, 50 e 100 kg ha-1). Será realizada a determinação do N-total e N-inorgânico do solo. Por ocasião da semeadura da soja, será avaliada a massa de matéria seca da palhada remanescente na área, bem como a relação C/N do material vegetal. Também será avaliada a massa de matéria seca das raízes e sua relação C/N. A adubação nas parcelas que receberão as doses de nitrogênio na forma de nitrato de amônio, será realizada no estádio reprodutivo R1. Também serão coletadas plantas a altura do colo, no estádio R2/R3, para determinação da matéria seca e do teor e acúmulo de nitrogênio na parte área. Amostras serão coletadas para avaliação da nodulação em seis plantas por parcela na fase de florescimento pleno R4. Já a análise de biomassa microbiana do solo - BMS será realizada em duplicada, no estádio R4. Por ocasião da colheita serão determinados os componentes de produção (stand de plantas, número de vagens por planta, número de grãos por vagem, peso de 100 grãos em um metro linear da parcela,). A produtividade será determinada pela colheita mecânica das três linhas centrais da parcela. O estudo estatístico constará de análises de variância e de regressão, e as médias dos tratamentos experimentais serão comparadas pelo teste de Tukey ao nível mínimo de 5% de probabilidade, utilizando-se o software estatístico Sisvar.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS CORDEIRO, CARLOS FELIPE; ECHER, FABIO RAFAEL. Interactive Effects of Nitrogen-Fixing Bacteria Inoculation and Nitrogen Fertilization on Soybean Yield in Unfavorable Edaphoclimatic Environments. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, OCT 30 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.