Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito das células endoteliais mediadas pelo LTB4 em células ósseas

Processo: 16/14885-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Rodrigo Cardoso de Oliveira
Beneficiário:João Paulo Domezi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Leucotrienos   Osteoclastogênese   Osteogênese   Fatores de crescimento do endotélio vascular   Angiogênese

Resumo

Os vasos sanguíneos estão presentes em todos os órgãos participando/regulando o crescimento e a homeostasia. Eles são formados, entre outros componentes, por células endoteliais que possuem funções especializadas como a capacidade de comunicar-se ao tecido/células circundantes, fornecendo-lhes fatores essenciais, tais como citocinas, fatores de angiocina, quimiocinas e outros metabólitos de acordo com as necessidades. As células endoteliais encontradas em vasos sanguíneos dentro do osso são capazes de regular o desenvolvimento ósseo. Sabe-se que os processos de osteogênese e angiogênese estão interligados: as células endoteliais e ósseas trabalham em conjunto por meio do mecanismo de feedback positivo ajudando entre si a estabelecer o desenvolvimento adequado do esqueleto. Os leucotrienos (LTs) são mediadores lipídicos envolvidos no recrutamento de leucócitos e na regulação da síntese de citocinas. Eles são derivados do ácido araquidônico por meio da via 5-lipoxigenase. O tratamento com LTB4 induz a angiogênese pela superexpressão do fator de crescimento endotelial vascular (VEGF). As respostas individuais de células endoteliais e ósseas ao LTB4 foram demonstradas em estudos, mas como essas células respondem juntas ao LTB4 ainda não foi estudado. Neste estudo, buscamos investigar a potencial contribuição do LTB4 pelas células ósseas na mediação do VEGF de células endoteliais, que pode desempenhar um papel na osteoclastogênese. Para isso, células endoteliais vasculares ósseas primárias serão tratadas com LTB4 e a expressão de VEGF será avaliada. Em seguida, o efeito direto ou indireto (dependente de osteoblastos) de VEGF secretado na osteoclastogênese será determinado. Nós esperamos entender com este projeto o papel dos leucotrienos na angiogênese ligada à osteogênese.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DOMEZI, João Paulo. Efeito das células endoteliais mediadas pelo LTB4 em células ósseas. 2019. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Bauru Bauru.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.